Barcelona conquistou quatro títulos e o Santos dois. Média de gols do argentino no ano impressiona

Messi comemora golaço contra o Real Madrid pela Liga dos Campeões, em abril
Getty Images
Messi comemora golaço contra o Real Madrid pela Liga dos Campeões, em abril
A temporada 2011 foi de títulos e gols para Messi e Neymar , mas o argentino tem um retrospecto melhor. Foram quatro títulos para o Barcelona, dois deles menos relevantes (Supercopas da Espanha e da Europa), mas dois importantes: o Espanhol, batendo novamente o arquirrival Real Madrid, e a Liga dos Campeões, competição que mais importa para os europeus. Neymar levantou o Paulistão e a Libertadores, tirando o Santos de uma espera de 48 anos sem este último.

Leia mais : Neymar se irrita com fãs no Japão

Ambos foram protagonistas nas conquistas de suas equipes. Messi foi decisivo principalmente na semifinal da Liga, contra o Real Madrid. No jogo disputado no Santiago Bernabeu, casa do adversário, ele fez dois gols, um deles, o segundo, passando por quatro jogadores até concluir.

Leia também : Neymar desafia Messi em gols, títulos e até em riqueza

Neymar também decidiu quanto o Santos precisou na Libertadores . O time teve um começo instável e com Paulo Henrique Ganso machucado coube ao garoto de 19 anos ser o protagonista. Na decisão, marcou contra o Peñarol dentro do estádio do Pacaembu.

O brasileiro tem 66 partidas no ano, com 40 gols marcados (nove deles com a seleção brasileira sub 20 no Sul-Americano do Peru, em janeiro). Uma média de 0,60 por partida. Já Messi atuou um pouquinho mais, 69 vezes, mas estava inspirado para anotar gols: foram 56, com excelente média de 0,81, o que explica porque deve ganhar mais uma vez o prêmio de melhor do mundo.

Neymar x Messi em 2011

Compare o desempenho dos craques nesta temporada

Gerando gráfico...
    Leia tudo sobre: Lionel Messi
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.