Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

De virada, Salgueiro bate o lanterna Duque e ganha fôlego

Diante de 53 pagantes, o time do Rio sofreu mais uma derrota e já precisa começar a pensar na Série C

Gazeta |

Futura Press
Lance do jogo entre Duque de Caxias e Salgueiro, em Volta Redonda
Diante de 53 pagantes, o Duque de Caxias sofreu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro da Série B. Em partida disputada na noite desta terça-feira no EStádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Salgueiro venceu, de virada, por 2 a 1 e complicou ainda mais a situação da equipe da Baixada Fluminense, que segue na lanterna da competição com apenas nove pontos ganhos.

O clube do interior de Pernambucano subiu para 19 pontos, mas continua em penúltimo lugar na tabela de classificação. Gilcimar marcou para a equipe da Baixada Fluminense enquanto Ricardinho anotou os dois gols da vitória do Salgueiro.

Veja também: A classificação atualizada da Série B

Na próxima rodada o Duque de Caxias vai ao Barradão enfrentar o Vitória. O Salgueiro receberá o Paraná no Ademir Cunha.

O jogo

O duelo começou truncado com os dois times errando muitos passes e cometendo muitas faltas. E só aos sete minutos aconteceu o primeiro lance de emoção. Everton Silva penetrou pela direita e cruzou para Tony que emendou de primeira. A bola bateu em Juninho e saiu para escanteio.

O time da Baixada Fluminense continuava melhor e aos 17 minutos novamente Tony levou perigo ao gol da equipe pernambucana. Ele se livrou de dois marcadores com um chapéu e bateu forte para boa defesa de Marcelo Silva. O Duque de Caxias pressionava e aos 18 foi a vez de Galvão arriscar mas a bola bateu na zaga e saiu.

A partida caiu muito de ritmo com as duas equipes errando muitos passes e desagradando o diminuto público presente ao estádio, uma rotina na campanha do time do Rio de Janeiro. Aos 35 minutos, o time comandado por Paulo Campos desperdiçou uma nova chance. Ernani cruzou da esquerda, Gilcimar subiu mais do que zaga mas cabeceou para fora.

A equipe do interior pernambucano mal conseguia passar do meio campo e aos 38 Piauí resolveu arriscar de longe mas a bola saiu sem levar perigo ao gol defendido por Marcelo Carné. O goleiro do Duque de Caxias voltou a fazer boa defesa aos 45 minutos em chute de Josa no último lance importante da primeira etapa.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo lento da fase inicial e aos cinco minutos, o Salgueiro que começou um pouco mais agressivo, criou uma boa chance em cabeçada de Juninho depois de bom cruzamento de Tiago Marabá.

Veja também: Salgueiro trocou de técnico após sofrer goleada

O técnico Paulo Campos resolveu desfazer o esquema com três zagueiros trocando o zagueiro Lucão pelo meia Dudu, mas logo depois Paulão recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o time da Baixada Fluminense com um jogador a menos e com apenas um zagueiro.

O Salgueiro tentou se aproveitar da vantagem numérica e aos 22 minutos, Pio foi lançado na área, chutou cruzado mas a bola saiu. O time visitante continuava melhor e aos 28 minutos, Ricardinho, livre na área, cabeceou para fora quando tinha tudo para abrir o marcador.

Aos 36 minutos, o Duque de Caxias abriu o marcador através de Gilcimar que usou a cabeça para colocar a bola fora do alcance do goleiro Marcelo Silva. Dois minutos depois a equipe de Pernambucano empatou com Ricardinho que recebeu bom passe na área e chutou no canto esquerdo de Marcelo Carné.

Animado com o empate o Salgueiro seguiu atacando e aos 46 minutos chegou ao gol da vitória através de Ricardinho, de letra, para desespero do time do Rio de Janeiro que amargou mais uma derrota.

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS 1 X 2 SALGUEIRO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 6 de setembro de 2011 (Terça-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: José Carlos Dias Passos (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Cartão Amarelo: Paulão, Santiago e Everton (DC); Paulo Santos, Tiago Marabá(S)
Cartão Vermelho: Paulão(DC)
Gols: DUQUE DE CAXIAS: Gilcimar aos 36 minutos do segundo tempo
SALGUEIRO: Ricardinho aos 38 e 46 minutos do segundo tempo

DUQUE DE CAXIAS: Marcelo Carné, Lucão (Dudu), Paulão e Santiago: Everton Silva, Júlio César, Leandro Teixeira (Thiaguinho), Tony e Ernani; Gilcimar e Galvão (Léo Pimenta)
Técnico: Paulo Campos

SALGUEIRO: Marcelo Silva, Marcos Tamandaré (Mateus), Juninho, Alexandre e Piauí; Renê (Edimar), Josa, Pio e Paulo Santos; Ricardinho e Tiago Marabá (Naôh)
Técnico: Luiz Carlos Barbieri

Leia tudo sobre: série b 2011salgueiro-peduque de caxias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG