Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

De virada e com golaço de estreante, Palmeiras bate o Corinthians

Fernandão marca belo gol aos 7 minutos do 2º tempo e aproxima time de Felipão da liderança

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Com um golaço de Fernandão, que fazia sua estreia justamente no clássico, o Palmeiras venceu o Corinthians por 2 a 1 em Presidente Prudente, cidade que já começa a ganhar a simpatia dos palmeirenses. Isso porque o time do Palestra Itália nunca perdeu nenhum dos sete dérbis que jogou no Prudentão. Além disso, a sua última vitória neste clássico havia acontecido justamente neste palco, em 2009, com destaque para Obina, que marcou três gols.

A vitória quebra a sequência de quatro empates e uma derrota que tem no Campeonato Brasileiro e deixa o Corinthians com apenas duas vitórias nos últimos nove jogos pelo Nacional.

Leia mais: "Não tem amizade em Palmeiras x Corinthians", declara Valdivia

O triunfo aproxima o Palmeiras da ponta. Com 32 pontos, em 6º, o time fica a cinco do líder e campeão do 1º turno, o Corinthians, e também do vice-líder Flamengo, que empatou com o Vasco e ficou nos 36 pontos. Na 3ª colocação está o São Paulo, que empatou com o Santos, e chegou a 35. O time de São Januário também chegou aos 35, mas tem pior saldo. O Botafogo fica na 5ª posição, com 34.

null

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

No 1º tempo, o Corinthians foi melhor nos 20 minutos iniciais, quando inclusive abriu o placar, com Émerson. Nesse período, enquanto que o time de Tite criou várias chances, o Palmeiras finalizou apenas duas, com Kleber. Percebendo isso, Murtosa tirou Patrik, promoveu a estreia de Fernandão. Com o jogador fixo na grande área, Kleber pôde voltar mais para buscar a bola e melhorou muito o time. Aos 34, Luan empatou após rebote de escanteio.

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba as notícias do seu time em tempo real

Na etapa final, o Palmeiras seguiu melhor, assim como no fim do 1º tempo. Aos 7 minutos, Assunção achou o estreante Fernandão, que dominou no peito e tocou antes da bola cair na saída de Júlio César. Após ficar à frente, o time de Felipão e Murtosa se fechou e conseguiu garantir a vitória, apesar das entradas de Willian e Morais.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Na próxima rodada, o Palmeiras encara o Botafogo fora de casa, na quarta-feira, às 21h50. O Corinthians, por sua vez, recebe o Grêmio, na quinta-feira, data de seu aniversário, às 20h30, no Pacaembu. Leandro Castán, suspenso, é o desfalque.

O jogo

O Corinthians começou melhor, com muita força na marcação e melhor troca de bolas no meio de campo. À frente, Émerson era o que mais incomodava a defesa palmeirense. Logo aos 3 minutos, ele já sofreria uma falta pela direita de Thiago Heleno. No levantamento feito por Jorge Henrique, a bola foi alta demais. Aos 7, Émerson chutou de forma cruzada da esquerda e forço Marcos a fazer defesa em dois tempos.

A resposta do Palmeiras veio aos 9 minutos, com lançamento de Patrik. Ele cruzou no primeiro pau e encontrou Kleber, que desviou sozinho, mas pelo lado esquerdo do gol de Júlio César. Aos 13, novamente o camisa 30 levou perigo a Júlio César chutando de canhota, pelo lado esquerdo do campo.

Aos 18, Émerson novamente levou perigo, mas foi fatal. Ele cruzou da esquerda, a bola passou por Henrique, e Marcos havia pulado antes da bola chegar. Um toque na trave ainda antecedeu a vibração da torcida corintiana.

Sem uma referência na área, o Palmeiras já mudou aos 33 minutos. Fernandão ocupou o lugar de Patrik, que quase não apareceu no jogo, com exceção de um cruzamento para a cabeçada de Kleber. Logo no primeiro escanteio, o gol já saiu. Marcos Assunção cobrou escanteio, Júlio César afastou parcialmente, e Luan chutou forte, sem chances de defesa. Depois, aos 46, Luan deu outro chute, mas sem eficiência.

No 2º tempo, aos 7 minutos, Marcos Assunção fez lançamento espetacular no peito de Fernandão. Com muita classe, o atacante dominou e, sem deixar cair a bola no chão, tocou na saída de Júlio César para marcar um golaço no Prudentão. Para tentar reagir, Tite tirou Danilo, morto em campo, para a entrada de Willian.

Gazeta
Luan comemorou com uma cambalhota após igualar o placar do clássico de Prudente ainda no primeiro tempo

Com a vantagem, o Palmeiras passou a marcar mais forte. Willian, que acabara de entrar, tentava receber bolas na intermediária, mas, em todo momento, sofria com uma sombra palmeirense. Por vezes, Chico, às vezes Thiago Heleno e até Gabriel Silva ajudavam. Jorge Henrique, muito cansado, pouco aparecia e acabou substituído por Morais.

A substituição não surtiu efeito. O Corinthians seguia sofrendo com a marcação palmeirense, especialmente quando o cansado Marcos Assunção foi substituído por João Vítor. Luan ainda fez boa jogada de contra-ataque aos 35 minutos e só errou na hora de finalizar.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 2 X 1 CORINTHIANS

Local:
Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data: 28 de agosto de 2011, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Gasse e Vicente Romano Neto (ambos de SP)
Cartões amarelos: Gabriel Silva, Valdivia, Chico e Luan (PAL) Leandro Castán, Jorge Henrique e Paulinho (COR)
Público pagante: 36.239 torcedores
Renda: R$ 962.666,00

GOLS:
PALMEIRAS
: Luan, aos 34 minutos do 1º tempo e Fernandão, aos 7 minutos do 2º tempo
CORINTHIANS: Émerson, aos 18 minutos do 1º tempo.

PALMEIRAS: Marcos; Márcio Araújo, Thiago Heleno, Henrique e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção (João Vítor), Valdivia e Patrik (Fernandão); Kleber e Luan;
Técnico: Flávio Murtosa

CORINTHIANS: Júilio Cesar; Wallace (Edenílson), Chicão, Leandro Castán e Ramon; Ralf, Paulinho e Danilo (Willian); Jorge Henrique (Morais), Liedson e Emerson.
Técnico: Tite

Leia tudo sobre: palmeirascorinthiansbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG