Tamanho do texto

Elkeson, Antônio Carlos e Alex duas vezes marcaram para o time carioca. Alessndro e Rodriguinho diminuíram

 null

Foi com sofrimento, mas o Botafogo não decepcionou e presenteou os 13 mil torcedores que foram ao Engenhão embalados pela comemoração dos 107 anos do futebol do clube, completados sexta-feira. Depois de sofrer dois gols em oito minutos de jogo, o time de Caio Junior mudou da água para o vinho no segundo tempo e derrotou, de virada, o América-MG , por 4 a 2, neste sábado, pela décima-sexta rodada do Campeonato Brasileiro .

Com a vitória, o Botafogo chegou aos 28 pontos, assumiu a quarta colocação e vai dormir no G4. Já o América-MG, segue na lanterna do campeonato com apenas 11 pontos. O time carioca volta a campo quarta-feira para enfrentar o Internacional, às 21h50, no Beira Rio. Já a equipe mineira recebe o São Paulo, quinta-feira, às 21h, na Arena do Jacaré.

O jogo
O Botafogo entrou dormindo em campo e no primeiro lance do jogo foi castigado, aos dois minutos. Marcos Rocha bateu o lateral pela direita, Marcelo Mattos tentou cortou e errou, a bola bateu no travessão e enganou Jefferson. No rebote, Alessandro só teve o trabalho de tocar de cabeça para o fundo do gol.

Siga o Twitter do iG Botafogo e receba notícias do time em tempo real

No minuto seguinte, por pouco o Botafogo não leva o segundo. Alessandro rola para Kempes, o atacante passou como quis por Antônio Carlos e chutou para grande defesa de Jefferson, que evitou o segundo.
Mas, aos oito, não teve jeito. Completamente perdido em campo, os donos da casa levaram o segundo. Rodriguinho tocou para Kempes, recebeu lindo passe do atacante e tocou no contrapé de Jefferson para fazer o segundo do América-MG.

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude a assumir a liderança do ranking

Irreconhecível em campo, o Botafogo pelo passou a jogar com raça após o sofrer o segundo. Empurrado pelo torcedor, que compareceu em um razoável número ao Engenhão, em pleno sábado à noite, o time alvinegro só foi incomodar aos 11 minutos. Cortês cruzou, a zaga do América-Mg se atrapalhou e a bola sobrou para Loco Abreu, que chutou em cima de Neneca.

Elkeson comemora gol do Botafogo diante do América-MG
Gazeta Press
Elkeson comemora gol do Botafogo diante do América-MG

Mesmo sem nenhuma inspiração em campo, o Botafogo diminuiu num golaço de Elkeson. O apoiador recebeu de Maicosuel na intermediária, levou a melhor sobre um marcador e soltou uma bomba do meio da rua indefensável para o goleiro Neneca.

Depois de um começo eletrizante, o jogo caiu de produção. Melhor para os visitantes, que mesmo catimbando e administrando a vantagem, quase fizeram o terceiro com Amaral. O volante recebeu sozinho na intermediária, carregou a bola até a entrada da área sem ser incomodado e arriscou. A boal que dava a impressão de que iria longe, descaiu e acertou o travessão de Jefferson.

Apesar de perder Herrera, que pediu para sair e foi substituído por Alex, o Botafogo voltou melhor. Jogando no campo do adversário, o time criava uma oportunidade atrás da outra. Aos 15, Cortês recebeu de Renato e chutou para boa defesa de Neneca. dois minutos depois, novamente Neneca evitou o empate alvinegro ao colocar para escanteio chute de Elkeson.

Mas, na cobrança do escanteio, o gol acabou saindo. Renato cobrou da esquerda e Antônio Carlos, mesmo atrapalhado pela zaga do América-MG, se abaixou todo para cabecear sem chances para Neneca e deixar tudo igual, aos 18.

O gol enlouqueceu os alvinegros e o Botafogo era muito melhor. Dentro campo do América-MG, que se encolheu, o time de Caio Junior chegou à virada. Aos, 32, Alex, recebeu na entrada, driblou William Rocha e soltou a bomba que passou por baixo do goleiro Neneca.

O América-MG mal assimilou o gol e um dois minutos depois chegou ao quarto. Cidinho foi derrubado na área em um lance e o árbitro Andre Luiz de Freitas Castro marcou pênalti. Alex bateu e marcou e fechou o caixão mineiro.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão)
Data: 13 de agosto de 2011 (sábado)
Horário: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Renda: R$182.925,00
Público Pagante: 10.290 (Presente: 13.101)
Cartão amarelo: Amaral (AME), Elkeson (BOT), Renato (BOT)
Gols:
AMÉRICA-MG: Alessandro, aos 2 do primeiro tempo, e Rodriguinho, aos 8 do primeiro tempo
BOTAFOGO: Elkeson, aos 31 minutos do primeiro tempo, Antônio Carlos, aos 18 do segundo tempo e Alex, aos 32 e 34 do segundo tempo

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Renato, Marcelo Mattos, Elkeson e Maicosuel (Cidinho); Herrera (Alex) e Loco Abreu
Técnico: Caio Júnior

AMÉRICA-MG: Neneca; Gabriel, Otávio (Eliandro) e Willian Rocha; Marcos Rocha, Dudu, Amaral, Rodriguinho e Gilson; Kempes (Netinho) e Alessandro (Fábio Junior)
Técnico: Givanildo Oliveira 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.