Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

De férias, Renato confia na virada do Independiente e provoca Joel

Técnico do Grêmio assistirá à final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, tomando chope no Rio de Janeiro

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854643658&_c_=MiGComponente_C

Foi com muito bom humor e sentimento de dever cumprido que o técnico Renato Gaúcho concedeu a sua última entrevista coletiva em 2010 como comndante do Grêmio. Apesar de ser rápida - afinal, ele tinha voo para o Rio de Janeiro, logo após a partida, onde a família o espera -, o maior responsável pela recuperação do time no Campeonato Brasileiro, está otimista.

Assista ao vídeo

Aposta que terá sucesso no primeiro compromisso com data marcada na Cidade Maravilhosa. Nesta quarta-feira, ele assistirá à final da Copa Sul-Americana entre Independiente e Goiás. Se o time argentino for o campeão, o Grêmio entrará na Libertadores de 2011.

Onde eu estiver vou tomar um chope, sem colarinho, e torcer pelo Independiente. Acredito na nossa vaga. Aquela luzinha no fim do túnel que eu falava aumentou mais ainda. Se der uma zebra e ela não aparecer, este grupo está de parabéns, analisou o treinador.

Depois de assumir o time na 14ª rodada, na zona do rebaixamento, e deixá-lo em quarto lugar, Renato disse que a Libertadores seria uma recompensa ao gruo gremista. Antes de se despedir, o treinador respondeu às provocações que Joel Santana fez durante a semana:

Eu nunca deixei de ser o Rei do Rio. Joel é um grande amigo, mas ele está forçando uma barrinha. Ele é o príncipe. Por fim, mandou um recado aos jornalistas. Bom Natal, bom Ano-Novo e me esqueçam em janeiro, pediu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG