Tamanho do texto

Clube do ABC paulista tenta escapar da zona de rebaixamento para a série C, enquanto o Sport tenta encostar no G-4

Enquanto o Sport busca não se abalar com as duas derrotas consecutivas no Brasileirão da Série B, o São Caetano quer aproveitar a sequência e deixar a zona de rebaixamento. O ambiente é de tensão para o confronto desta terça-feira, às 20h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro, pela 28ª rodada da competição.

A goleada sobre o Vitória e a entrada no G-4 parecem ter feito mal ao Sport, que perdeu as duas partidas que teve desde então, para Criciúma e ABC. Além de deixar a zona de conforto, o time pernambucano perdeu a chance de retornar em caso de vitória, já que ficou a quatro pontos de distância do Americana e agora vive a ameaça de ser ultrapassado por Boa Esporte e Bragantino, que estão na cola.

Do lado paulista do duelo, o técnico Márcio Araújo ainda está invicto no comando da equipe. Desde que assumiu foram três empates, contra Americana, Icasa e Portuguesa, e uma vitória diante do Duque de Caxias. Na última rodada, a equipe arrancou um empate da líder Portuguesa e aumentou a motivação.

Ocupando a quinta posição, o Sport já retornou aos treinamentos no domingo, sem folga após o péssimo resultado por 3 a 0. Além da atuação fraca, o técnico PC Gusmão terá que lidar com a ausência do volante Robston, que foi expulso naquela partida e é desfalque certo. Seu substituto ainda está indefinido.

Naldinho, já recuperado de contusão e à disposição da comissão técnica, volta ao time titular na companhia do garoto Danilo Alves, que recebeu uma oportunidade contra o ABC e, na ausência de Robston, deve seguir entre os titulares. O também volante Hamilton treinou na tarde desta segunda-feira e tem chances de entrar em campo.

No mais, apenas uma alteração. O atacante Willians, que retorna de suspensão, desbanca Danielzinho, que teve fraca atuação no último confronto. "Espero voltar bem e ajudar meus companheiros a conseguir um bom resultado dentro de casa. Com a força da nossa torcida e motivação, temos tudo para conquistar os três pontos e continuar na briga", afirmou Willians.

O São Caetano, que ocupa a 17ª colocação, com 30 pontos, vê uma vitória fora de casa como modo mais rápido de deixar a zona de rebaixamento e jogar Icasa ou Goiás para a degola. A sequência positiva mantém o time motivado para o duelo contra o Sport.

Para o confronto, o técnico Márcio Araújo não poderá contar de antemão com o meia Magnum e o atacante Renatinho, que rescindiram seus contratos nesta segunda-feira graças à falta de oportunidades na equipe.

Em compensação, o volante Augusto Recife retorna ao time e deve desbancar o zagueiro Revson, que jogou improvisado como primeiro volante e agradou ao comandante do Azulão. No ataque, Nunes e Ricardo Xavier seguem disputando posição, com o primeiro despontando como favorito.

O meia Kléber, autor de dois gols contra a Portuguesa, já vislumbra o duelo contra o Sport: "Fizemos um grande jogo e mostramos a todos que estamos vivos na competição. Graças ao empenho de todos, saímos de campo com a sensação de dever cumprido. Mas agora não pode bobear, tem outro desafio contra o Sport e queremos sair com a vitória".

FICHA TÉCNICA
SPORT RECIFE X SÃO CAETANO

Local : estádio Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data : 4 de outubro de 2011 (terça-feira)
Horário : 20h30 (de Brasília)
Árbitro : José Acácio da Rocha (SC)
Assistentes : Marco Antônio Martins e Eberval Lodetti (ambos de SC)

SPORT : Magrão; Thiaguinho, Tobi, Montoya e Wellington Saci; Rithely, Hamilton (Danilo Alves), Naldinho e Marcelinho Paraíba; Willians e Bruno Mineiro
Técnico : PC Gusmão

SÃO CAETANO : Luiz; Arthur, Thiago Martinelli, Preto Costa e Bruno Recife; Augusto Recife, Ricardo Conceição, Souza e Kléber; Antônio Flávio e Nunes
Técnico : Márcio Araújo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.