Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

De cabeça erguida, Richarlyson pede desculpas a críticos

Jogador preferiu não polemizar com os perseguidores, e disse sair sem deixar mágoa

Gazeta Esportiva |

Depois de cinco anos e meio servindo o São Paulo, o volante Richarlyson deixará a equipe na próxima temporada. Segundo atleta com mais jogos pelo time paulista no atual elenco, perdendo apenas para Rogério Ceni, o meio-campista nunca conseguiu ser muito querido pelos são paulinos, principalmente por suas atitudes fora de campo.

Muito criticado, principalmente pelas torcidas organizadas, o jogador preferiu não polemizar com os perseguidores, e disse sair sem deixar mágoa.

"Logo que aconteceram esses episódios, em nenhum momento o São Paulo me privou de alguma coisa. E eu não tenho mágoa nenhuma. As pessoas têm que aprender a aceitar as outras como elas são. Têm que aceitar o que ela produz no trabalho e não na vida pessoal. Não vou ficar falando desta pequena parcela, porque a grande maioria me trata bem, me abraça, me pede autógrafo. Isso que é gostoso", afirmou.

Ao ser novamente questionado sobre o assunto, Ricky afirmou que as conquistas no clube falam por ele, e que fica um pouco desapontado por não ter conquistado todos os torcedores.

"As conquistas respondem por mim. Dentro de campo, no dia a dia do treinamento, eu me dedico. Agora, se o mais importante é a minha vida pessoal, me desculpe se eu não sou aquilo que queriam que eu fosse", completou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirosão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG