Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Davi pede vaga e expulsões preocupam técnico do Coritiba

Autor do gol sobre o Cascavel quer sequência de jogos. Já a expulsão de Tcheco irritou Marcelo Oliveira

Altair Santos, iG Curitiba |

O estreante Davi, autor do gol do Coritiba na vitória por 1 x 0 sobre o Cascavel, nesta quinta-feira, disse após o jogo que espera ganhar uma sequência de jogos para conseguir deslanchar. Pelo futebol que apresentou até os 20 minutos do 2.º tempo, quando foi substituído, o jogador promete um duelo bem disputado no meio-campo, onde Rafinha aparece como absoluto no setor. “Procurei fazer a movimentação que o professor pediu e me senti à vontade. Pena que só consegui marcar um gol. Espero ganhar mais ritmo de jogo para cavar uma vaga no time”, afirmou.

O técnico Marcelo Oliveira não quis polemizar e evitou dar declarações sobre mudanças na equipe para as próximas rodadas. A tendência é que Rafinha, que cumpriu suspensão contra o Cascavel, depois de ter sido expulso contra o Paraná, retorne à equipe na 5ª rodada, domingo, em Arapongas.

nullO treinador, no entanto, afirmou que vai cobrar mais pontaria da equipe. “Tivemos 22 finalizações no jogo, mas marcamos apenas um gol. Precisamos ser mais eficientes, por que o placar de 1 x 0 transmite muita insegurança. Hoje, o adversário não conseguiu marcar, mas no jogo anterior, contra o Paraná, apesar do nosso volume de jogo, eles chegaram ao 1 x 1”, comentou.

Marcelo Oliveira também prometeu conversar com o elenco para que os jogadores evitem as expulsões por reclamação. Nesta quinta-feira foi a vez de Tcheco receber o cartão vermelho, aos 41 minutos do 2.º tempo. “Isso não pode acontecer. Aprendi com o mestre Telê Santana que não adiante reclamar com a arbitragem. É pedir para tomar cartão. Vou conversar com o grupo para que ele se concentre no jogo e esqueça a arbitragem”, disse.

Leia tudo sobre: CoritibaCampeonato Paranaense 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG