Meia-atacante do Internacional não vem sendo chamado nas últimas convocações da seleção argentina

Quando o relógio marcou 23h59 do dia 31 de dezembro de 2010 D´Alessandro fez um pedido. Queria muito voltar a vestir a camisa da seleção argentina. O objetivo era estar na Copa América, sediada em seu país e que será disputada no mês de julho.

O meia-atacante seguiu fazendo suas atuações pelo Inter . Se destacou mais em alguns jogos, em outros menos. Viu o companheiro Bolatti ser chamado por Sérgio Batista para amistosos; acabou esquecido. Nesta semana não foi diferente. O volante foi convocado para amistosos contra Nigéria e Polônia. D´Ale não apareceu outra vez. Ele admite que ainda tem um fio de esperança, mas sabe que não está fácil.

“Não sou de mentir. O sonho segue, mas é difícil. Não estou sendo chamado. Meu trabalho é continuar a fazer o melhor. Claro que é decisão do treinador, farei de tudo para ser convocado. Sonho em jogar minha segunda Copa América, mas sei que não é fácil”, contou.

Se for convocado ele vai desfalcar o Inter em pelo menos seis rodadas do Brasileirão
AFP
Se for convocado ele vai desfalcar o Inter em pelo menos seis rodadas do Brasileirão

D´Alessandro esteve na última edição da competição, em 2007. Era reserva. A Argentina perdeu para o Brasil na decisão. Buenos Aires será uma das sedes da atual edição. D´Alessandro queria muito estar lá. Terá que correr contra o tempo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.