Tamanho do texto

Atacante sempre leva sorte contra o Grêmio, adversário do São Paulo no próximo domingo

Dagoberto, atacante do São Paulo
Vipcomm
Dagoberto, atacante do São Paulo
Tentando manter o embalo dentro do Campeonato Brasileiro, o São Paulo viaja até Porto Alegre no próximo domingo, onde encara o Grêmio , no estádio Olímpico, às 18h (de Brasília). O time paulista, além de se apoiar na grande campanha que faz fora de casa, tem um trunfo importante para o duelo: o atacante Dagoberto .

Siga o iG São Paulo no Twitter

O camisa 25 tricolor costuma dar sorte contra os gremistas. Dos 59 gols que Dagoberto já fez pelo São Paulo, seis deles foram diante dos gaúchos. Em 2009, foram dois gols no triunfo por 2 a 1, no primeiro turno do Brasileirão, em casa. No segundo turno, foi dele o tento do empate por 1 a 1, no Sul. Em 2010, no Morumbi, o atacante fez os três gols da vitória por 3 a 1.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

"Sinceramente, não sou muito ligado nisso. Sei que fiz três gols contra eles no Morumbi, é um adversário que traz boas lembranças. Mas o nosso objetivo principal é conseguir a vitória. A imprensa sempre comenta, a gente fica ligado só no que é publicado", comentou Dagoberto.

O Grêmio foi o adversário da estreia de Dagoberto pelo São Paulo, na Libertadores de 2007. Na ocasião, o atacante entrou no segundo tempo do jogo e chegou a balançar as redes, mas estava impedido. Entretanto, foi dele o passe para o gol de Miranda na vitória por 1 a 0, em casa. Depois, porém, o time paulista perdeu por 2 a 0 no Olímpico e caiu nas oitavas de final do torneio.

O atacante sabe que a história agora é diferente, mas o pensamento é só em vencer para tentar o titulo mais adiante. "Jogar fora de casa já é uma dificuldade. O Grêmio é uma excelente equipe, não vive um bom momento, mas é difícil jogar contra eles lá. Nós temos um objetivo lá na frente e temos que ir para lá e conquistar a vitória", avisou.

O contrato de Dagoberto com o São Paulo acaba em 19 de abril de 2012 . A fase que o atacante vive nos meses finais do seu vínculo é a melhor da carreira com a camisa tricolor. De acordo com o atacante, vários fatores colaboram para a boa sequência que vem tendo em campo.

"Ano passado também foi bom. Mas nesse ano estou com confiança maior, o homem da bola parada sou eu, e isso foi adquirido com o tempo. A bola passa bastante pelo meu pé, antes isso não acontecia. Os jogadores que eu tenho ao lado são de grande qualidade, são vários fatores que ajudam bastante", finalizou Dagoberto, artilheiro são-paulino na temporada com 20 gols marcados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.