Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dagoberto reconhece motivação menor fora da Libertadores

Atacante promete fazer o máximo pelo título da Copa do Brasil, mas diz que torneio continental é ¿diferente¿

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Desde 2007 no São Paulo, Dagoberto é um dos jogadores do atual elenco que disputará pela primeira vez uma Copa do Brasil com a camisa do clube do Morumbi. E embora não diga com todas as letras, o atacante admite que a motivação para o torneio não é a mesma que os jogadores tem para a disputa do torneio continental.

“Vejo que é totalmente diferente. A Libertadores é um campeonato extra, que a motivação é bem superior. Mas é o que nós temos, então vamos com essa motivação fazer o máximo para o torcedor estar do nosso lado como sempre esteve”, disse o jogador após o treino físico realizado na manhã desta quarta-feira.

Apesar do menor interesse pela Copa do Brasil, Dagoberto sabe que a cobrança da torcida será grande em 2011. Afinal, depois de um tricampeonato brasileiro entre 2006 e 2008 (o atacante participou dos títulos de 2007 e 2008), o São Paulo completou em 2010 dois anos sem nenhum título.

“Tivemos anos anteriores muito bons de conquistas. Quando você não vence começam a ter perguntas. O ano passado foi de aprendizado, de lições. Tenho certeza de que aprendemos e vamos fazer de tudo para ter um ano muito bom em 2011”, afirmou.

E se a Copa do Brasil não aparece como grande motivação, Dagoberto tem um bom motivo pessoal para lutar por um bom ano: a aproximação do fim de seu vínculo com o São Paulo, já que seu contrato vai até abril de 2012.

“Eu vim muito focado para a pré-temporada. Estava trabalhando nas férias também, minha cabeça está muito aqui, porque tenho mais um ano e pouco só de contrato, então tenho que fazer o máximo para ser um grande ano para mim”, disse.

Leia tudo sobre: são paulofuteboldagoberto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG