Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dagoberto e Marlos brilham e São Paulo faz 3 a 0 no São Bernardo

Nova dupla de ataque de Carpegiani mostra entrosamento no Morumbi; Fernandinho entra e fecha o placar

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Com um bom primeiro tempo, apostando na velocidade, e um ritmo mais lento na segunda etapa, o São Paulo não teve dificuldades para conquistar a sua segunda vitória em 2011, a primeira jogando no estádio do Morumbi nesta temporada. Com gols de Dagoberto, Marlos e Fernandinho, os donos da casa fizeram 3 a 0 no São Bernardo, para alegria dos menos de sete mil torcedores presentes.

A aposta do técnico Paulo César Carpegiani em um time escalado para jogar em velocidade se mostrou acertada logo de cara. Ainda aos três minutos, a nova dupla de ataque, formada por Marlos e Dagoberto foi responsável pelo primeiro gol. Após jogada individual de Marlos para a esquerda, Dagoberto desviou “sem querer” e a bola entrou lentamente no canto esquerdo do goleiro Marcelo Pitol.

O segundo gol, ainda no primeiro tempo, demorou para chegar, mas veio também em um lance bem trabalhado coletivamente. Após jogada de Jean e Ilsinho, dessa vez pela direita, Marlos recebeu livre e chutou da marca do pênalti, cara a cara com o goleiro. Na etapa final, Fernandinho fechou o placar com outro bonito gol, depois de receber passe de Rodrigo Souto.

AE
Ilsinho, Jean e Marlos foram os responsáveis pela jogada que terminou no segundo gol do São Paulo

No primeiro tempo anda chamaram a atenção as tentativas do São Paulo em chutes de longa distância. Dagoberto e Carlinhos Paraíba exigiram ótimas defesas do goleiro rival, enquanto Cleber Santana e Marlos arriscaram, mas chutaram para fora, sem perigo.

 

Com a segunda vitória no ano, o São Paulo divide a liderança do Paulistão com o Santos e o Americana, ocupando a vice-liderança por conta do saldo de gols. No próximo sábado, às 19h30, o São Paulo volta a jogar no Morumbi pelo Paulistão. O time recebe a Ponte Preta, que até agora não conquistou nenhum ponto em duas partidas disputadas. O São Bernardo tenta se recuperar da derrota encarando o Paulista, em Jundiaí, no domingo, às 17h.

O jogo

nullO São Bernardo nem teve tempo de estudar o São Paulo em seu primeiro jogo no Morumbi. Logo aos três minutos, os donos da casa abriram o placar. Marlos fez ótima jogada individual pela esquerda, chegou à linha de fundo e cruzou para trás. Dagoberto, antecipando-se à zaga, tentou dominar, mas a bola bateu em sua canela e entrou lentamente no canto esquerdo do goleiro Marcelo Pitol.

Apenas aos dez minutos o São Bernardo conseguiu levar algum perigo a Rogério Ceni. Danielzinho recebeu lançamento e chutou da entrada da área, exigindo boa defesa do goleiro são-paulino, que espalmou para escanteio. Até os vinte minutos, apesar de manter o domínio da posse de bola, o São Paulo não conseguiu criar novas oportunidades de gol.

O São Paulo passou então a apostar nos chutes de longa distância. Marlos e Cleber Santana arriscaram, mas bateram para fora, enquanto Dagoberto e Carlinhos Paraíba exigiram ótimas defesas de Marcelo Pitol. Aos 33, o São Bernardo chegou a marcar, mas o gol foi anulado pelo árbitro Robinson José Andrea de Góes, que marcou falta do atacante Diogo Acosta sobre Rogério Ceni.

Nos últimos minutos da etapa inicial, o volume de jogo do São Paulo resultou nas melhores jogadas até então. Aos 38, Jean fez longo lançamento para Dagoberto. O camisa 25 dominou na esquerda e tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu pouco à esquerda do gol do São Bernardo.ß

Aos 41, finalmente saiu o segundo, após bela jogada coletiva pela direita. Jean avançou com a bola dominada pela direita, lançou Ilsinho, que invadiu a área e tocou para trás. Marlos teve tempo de dominar na marca do pênalti e chutou sem chances de defesa para Pitol. Já nos acréscimos, Pavoni acertou belo chute de fora da área e quase pegou Rogério Ceni no contrapé, mas o camisa 1 consegui tirar para escanteio e garantir a vantagem no placar.

Na volta do intervalo, o São Paulo diminuiu o ritmo e quem criou chances logo nos primeiros minutos foi o São Bernardo. Aos quatro, Júnior Xuxa cabeceou após cruzamento da direita e Rogério Ceni defendeu com tranquilidade no meio do gol. Quatro minutos depois, uma jogada de mais perigo. O camisa 1 defendeu com os pés um chute a queima-roupa de Diogo Acosta e, no rebote, Alex Silva precisou se jogar para desviar nova tentativa, desta vez de Pavoni.

A primeira boa chance do São Paulo na segunda etapa veio apenas aos 28 minutos. O lateral-direito Jean arrancou em velocidade e recebeu lançamento na entrada da área. Ele chutou forte, mas a bola saiu à esquerda do gol do São Bernardo.

Pouco depois, aos 31, Fernandinho recebeu passe de Rodrigo Souto de costas para o gol, se livrou da marcação e tocou entre as pernas do goleiro para marcar o terceiro. A partir daí, não foi difícil para os comandados de Carpegiani jogarem o suficiente para manter o placar e, assim, conquistar a segunda vitória no Paulistão 2011.

Ficha Técnica – São Paulo 3 x 0 São Bernardo

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo-SP
Data: 19/01/2011
Horário: 22h (de Brasília)
Público:
  6398
Renda:
R$ 129.677,59
Árbitro: Robinson José Andrea de Góes
Assistentes: David Botelho Barbosa e Marcelo Carvalho Van Gasse
Cartões amarelos: Carlinhos Paraíba (São Paulo); Dirceu (São Bernardo)

GOLS

SÃO PAULO: Dagoberto, aos 3 minutos e Marlos, aos 41 do primeiro tempo; Fernandinho, aos 31 minutos do segundo tempo

São Paulo
Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Juan; Cleber Santana (Xandão), Rodrigo Souto, Ilsinho (Fernandinho) e Carlinhos Paraíba; Marlos e Dagoberto (Fernandão)
Técnico: Paulo César Carpegiani

São Bernardo
Marcelo Pitol; Henrique, Leandro Camilo, Amarildo e Reinaldo; Guto, Dirceu (Lucas) e Júnior Xuxa ; William Pavoni, Danielzinho (Raul) e Diogo Acosta (Romarinho)
Técnico: Ruy Scarpino

Leia tudo sobre: são paulodagobertomarlosCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG