Marcos Malaquias, agente do atacante, esteve no CT da Barra Funda nesta segunda-feira e conversou com a diretoria do clube

Dagoberto fez um belo gol no empate do São Paulo no clássico contra o Palmeiras, domingo
AE
Dagoberto fez um belo gol no empate do São Paulo no clássico contra o Palmeiras, domingo
Um dos destaques do São Paulo na temporada, sem dúvida, é o atacante Dagoberto . Com 18 gols e 14 assistências no ano até aqui, o camisa 25 tem contrato com o clube até abril de 2012. Em outrubro deste ano, caso não renove seu vínculo, ele poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe e sair de graça. Mas esse não é o pensamento do atleta no momento.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Meu plano de carreira está bem encaminhado. E o São Paulo faz parte dos meus planos, com certeza. Tem que ser uma coisa bacana, uma valorização que sempre cobrei. As portas estão mais que abertas. Tenho contrato até dia 19 de abril de 2012, fiz um contrato de 5 anos, estou cumprindo da melhor maneira possível. Hoje tenho uma família que depende de mim, dois filhos. Estamos com calma e falando com pessoas inteligentes", disse Dagoberto.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Marcos Malaquias, empresário do jogador, esteve no CT da Barra Funda nesta segunda-feira e conversou com o diretor de futebol Adalberto Baptista. Dagoberto não quis detalhar o tom da conversa, mas se mostrou otimista. "Até dia 19 de abril estou no São Paulo. Se vai acontecer de eu ficar ou não, é outra coisa. Já teve o contato com o Adalberto. Se ele tivesse aparecido antes, as coisas já poderiam ter se resolvido. Mas portar estão abertas", contou.

Apesar de manifestar o desejo de permanecer no Morumbi, Dagoberto vê com bons olhos uma ida para o futebol europeu em breve. O atacante tirou passaporte italiano e não seria considerado um jogador estrangeiro caso acerte com algum clube do Velho Continente. "Europa é onde você tem objetivos. É um lugar que seria bacana, até porque consegui um documento e isso facilita muitas coisas. Mas tem que ter propostas e coisas concretas. Não teve nada real", comentou.

Dagoberto disse ainda que sonha em vestir a camisa da seleção principal. O time de Mano Menezes fará dois amistosos contra a Argentina apenas com atletas que jogam no Brasil. Fato que anima o são-paulino. "A seleção brasileira é feita de momento. Estou passando por um muito bom, os números mostram isso. Jamais vou cobrar ser convocado. É claro que é um sonho, já defendi a sub 20 e sei como é gostoso. Estou vivendo minha realidade, fazendo o melhor pelo São Paulo. O que tiver que ser, vai ser", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.