Atacante pretende ficar no São Paulo, apesar de facilitar sua possível ida para o exterior

Dagoberto, atacante do São Paulo
Vipcomm
Dagoberto, atacante do São Paulo
Nas últimas semanas, o atacante Dagoberto se mostrou bastante insatisfeito com sua situação contratual dentro do São Paulo . Com vínculo vencendo no mês de abril de 2012, caso o compromisso não seja prorrogado, o camisa 25 poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir do mês de outubro. O clube já procurou o jogador para discutir a renovação.

Siga o iG São Paulo e o autor Mário André Monteiro no Twitter

A novela ganhou um novo capítulo com a emissão do passaporte italiano de Dagoberto, fato que facilita sua transferência para um time europeu, já que com o documento e com a nova cidadania, o atacante poderá defender qualquer clube do exterior sem entrar na limitada cota de estrangeiros.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

“Bacana, muito bom, tudo que trabalhamos a longa data desde o Atlético-PR, estou feliz, tem que ter uma folga para viajar, para tudo se tornar realidade", disse o atacante, abrindo a possibilidade de jogar no futebol europeu em breve. "É uma coisa muito boa, muito bacana, que profissionalmente ajuda o atleta. Mas é de se pensar, sentar e conversar, ver o que ajudará mais o atleta, tenho tempo para isso. Estou bem aqui, mantendo um nível muito bom, vamos ver", avaliou o atacante.

Apesar da conquista fora dos gramados, Dagoberto admitiu que pretende continuar no São Paulo e que o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, já o contatou para renovação de contrato.

"Bacana, isso é uma coisa do Adalberto, que veio conversar. Ele é muito tranquilo, disse que quer sentar e conversar. Vou ver o que vai acontecer. Um passo já foi dado, vamos aguardar", falou o artilheiro do time na temporada, com 14 gols.

Ausente da última partida do São Paulo contra o Ceará, quando se queixou de dores abdominais e sequer viajou para Fortaleza, o jogador voltou a treinar nesta terça-feira e é presença certa no clássico do próximo domingo, contra o Corinthians, pela 6ª rodada do Brasileirão.

"Clássico é bacana por isso, tem o respeito, um profissionalismo. Os dois clubes são grandes, e quem perde ou ganha vê a grandeza e a repercussão do torcedor. É importante, mas com respeito sempre. Não sei se a maior (rivalidade do São Paulo) é o Corinthians ou o Santos, mas o importante é vencer", finalizou Dagoberto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.