Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Currículo de Felipão na Copa do Brasil vira exemplo no Palmeiras

Comandante participou de sete edições da competição e saiu vencedor em três delas: 1991, 1994 e 1998

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Dono de um currículo invejável na Copa do Brasil, Luiz Felipe Scolari é um das apostas palmeirenses para a conquista de mais um título. Além da taça erguida em 1998 com o Palmeiras, o treinador já foi campeão outras duas vezes nas suas sete participações: com o Criciúma, em 1991, e com o Grêmio, em 1994.

Justamente por isso, o treinador será ainda mais respeitado do que já é nos dias normais na Academia de Futebol. É o que explica Marcos Assunção, que também afirma que o discurso dos jogadores precisa ser de campeão.

“É um treinador vencedor em uma competição importante e vamos procurar o que ele pede para não pararmos onde paramos no ano passado. Esse ano, colocamos na cabeça que vai ser diferente e esperamos fazer um bom jogo”, disse um dos líderes do elenco, o volante Marcos Assunção.

Felipão também foi vice-campeão da mesma competição em 1995, com o Grêmio, e ficou na semifinal outras duas vezes, em 1996, com a mesma equipe, e em 1999, com o Palmeiras.

“Todo mundo sabe do potencial do Felipão. Espero que ele possa chegar a mais uma final e nos ajude a cumprir nosso objetivo. Mas tem de ir passo a passo, respeitando o adversário. Espero que possamos começar com o pé direito e terminar também com o pé direito”, completou o zagueiro Thiago Heleno.

Nesta quarta-feira, o Palmeiras começa a trajetória na competição contra o Comercial do Piauí. A expectativa é de que Felipão escale um time misto em busca de uma vitória que possa deixar o time em uma situação tranquila. O 2 a 0 não é obrigação, segundo o especialista em batida de faltas.

“Vai ser importante para gente passar de fase. A primeira coisa que a gente tem que fazer é ganhar. Seja lá qual for o número de gols que nós ganhamos. Temos que, acima de tudo, ter respeito e sabemos que teremos dificuldades, que com certeza esse será o jogo da vida deles. Temos que ir para lá com bastante humildade, para que aconteça da melhor maneira possível. Se for por uma vitória com um bom número de gols, ótimo. O importante é seguirmos os passos para que a gente consiga a classificação”, finalizou Assunção.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG