Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Curitiba recebe comissão da Fifa para vistoriar campos de apoio

Comitê Organizador Local vai visitar três estádios e quatro CTs, que poderão servir às seleções na Copa

Altair Santos, iG Curitiba |

Cinco integrantes do Comitê Organizador Local (COL) da Fifa estarão nesta segunda-feira em Curitiba para realizar vistorias técnicas nos campos de treinamentos que serão utilizados na subsede durante a Copa do Mundo de 2014. A equipe será formada por Frederico Nantes, gerente de competição e serviços às equipes; pelos consultores de estádios do COL, Carlos de La Corte e João Pedro Caetano; pela agrônoma Maristela Kuhn, consultora de gramados, e por Renato Rolim, do escritório de acomodações da Fifa.

Serão visitados os estádios Couto Pereira (Coritiba), Janguito Malucelli (Corinthians Paranaense) e Durival Britto (Paraná), além dos os centros de treinamento da Graciosa (Coritiba), do Caju (Atlético-PR), do Trieste e do Ninho da Gralha (Paraná. As vistorias começam nesta segunda-feira e vão até terça. Após a visita o COL fará um relatório para definir quais os locais indicados para servirem de campos oficiais de treinamento para a Copa. Esses locais serão utilizados pelas seleções antes dos jogos oficiais na cidade.

As partidas serão disputadas na Arena da Baixada, que, segundo o presidente do Atlético-PR, Marcos Malucelli, neste mês de janeiro deverá finalizar o projeto de reformulação do estádio. “Estamos finalizando e daí virá a etapa da licitação”, disse. O clube deverá escolher uma entre quatro construtoras para viabilizar a adequação da Arena. As obras custarão cerca de R$ 135 milhões. O poder público já viabilizou R$ 90 milhões e o Atlético-PR dará a contrapartida de R$ 45 milhões.

Segundo o secretário estadual para assuntos da Copa, Mário Celso Cunha, as obras devem começar no final do 1.º semestre. “Elas precisam começar até o final do primeiro semestre deste ano e, de acordo com o cronograma fixado pelo caderno de encargos da Fifa, deverão estar concluídos e vistoriados até 31 de dezembro de 2012, prazo final, sem prorrogação. Até o momento, quatro construtoras estariam interessadas neste edital, cujos nomes não foram revelados ainda, e elas terão um prazo de 20 anos para pagar, tendo uma carência de três anos”, disse o secretário.

Leia tudo sobre: copa 2014Fifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG