Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuquinha crê em engrandecimento dos pequenos na reta final

Para ser campeão brasileiro, time mineiro precisa vencer e depende que Goiás e Guarani tirem pontos de Corinthians e Fluminense, respectivamente

Gazeta Esportiva |

Dos três candidatos ao título, o Cruzeiro é o que está em pior situação. Além de ter que vencer o Palmeiras na última rodada, o time mineiro torce para que os já rebaixados Goiás e Guarani arranquem pontos de Corinthians e Fluminense. Sendo assim, o técnico Avlamir Stival, que substitui o irmão Cuca, suspenso pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), acredita que os pequenos vão crescer na reta final.

"Quem sabe um time pequeno se transforme em grande, já que os grandes viraram times pequenos. A gente vai fazer nossa parte de novo, que é tentar a vitória", afirmou Cuquinha, que comandou o Cruzeiro na virada por 2 a 1 sobre o Flamengo no último domingo.

Na 37ª rodada, Corinthians e Fluminense enfrentaram times sem aspirações no campeonato e envolvidos em rivalidades locais. Enquanto o time do Parque São Jorge enfrentou o Vasco, o clube das Laranjeiras pegou o Palmeiras.

"Só nós tínhamos jogo difícil, porque a situação do Flamengo é complicada no Brasileiro. No restante dos jogos, a gente acompanhou pelos noticiários e sabíamos o que ia acontecer", reclamou o comandante celeste.

O meia Roger também destacou a facilidade que os rivais encontraram no domingo, e reafirmou sua confiança no título. "Vamos brigar até o final pelo título do Campeonato Brasileiro e, se vacilarem, levantaremos a taça", avisou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG