Ideia é assinar contrato simbólico para que atacante tenha estrutura e acompanhamento psicológico até estrear no Brasileirão

Uma reunião da cúpula da diretoria do Flamengo nesta terça-feira decidiu a estratégia para um possível retorno de Adriano . Inicialmente, a ideia do clube é oferecer toda a estrutura para que o atacante recupere a forma física. Além disso, o atleta teria um acompanhamento psicológico. A partir do momento em que estiver em boas condições para atuar pela equipe, ele então assinaria um contrato, possivelmente com valor fixo abaixo do que recebia em sua última passagem pelo clube e premiações por metas que compensassem essa perda. As informações foram confirmadas por duas pessoas ligadas à diretoria.

Leia ainda: José Aldo corneta Ronaldinho e pede Adriano no Fla

O plano, contudo, ainda não foi discutido com o "Imperador". Participaram da reunião, além de Patrícia Amorim, dois dirigentes que devem ficar encarregados das conversas, o vice de relações externas, Walter Oaquim, e o vice de futebol, Paulo César Coutinho. Coutinho já trabalhou no departamento de Oaquim, que tem não apenas bom trânsito na diretoria, mas também no futebol. Uma conversa com Joel Santana, para saber a opinião do treinador sobre o tema já ocorreu nesta terça, no Ninho do Urubu. Coutinho e Oaquim se reuniram com o técnico, que não descarta a contratação.

Adriano não treinaria, inicialmente, ao lado do elenco. O local escolhido para as atividades possivelmente seria a Gávea. Esta cena, porém, traz péssimas lembranças aos dirigentes, em função do que aconteceu com Ronaldo, que treinou na Flamengo antes de assinar com o Corinthians, onde encerrou sua carreira.

Para não correr risco de o fato se repetir, trabalha-se com a possibilidade de assinatura de um contrato com valor simbólico até que Adriano atinja a condição física desejada, para que então se assine o compromisso de fato. A diretoria, a princípio, planeja trazer o jogador para o Campeonato Brasileiro, já que o prazo para inscrição nas oitavas de final da Libertadores ficaria apertado.

Veja mais: Kléberson revela incentivo de Joel: "Você é o penta, cara"

Pesam a favor da contratação o bom relacionamento, dentro e fora de campo, de Adriano com Vágner Love. Ronaldinho Gaúcho, estrela da companhia, também já sinalizou que quer ver o atacante no Flamengo.

Na diretoria, o retorno do Imperador divide opiniões. A cúpula do clube, inicialmente, era contra assumir o risco. Mas, com o desgaste político em ano de eleição e boa parte da torcida pedindo a volta de Adriano, a contratação já não soa tão problemática, especialmente pela presença do apaziguador Joel Santana no lugar do disciplinador Vanderlei Luxemburgo, que no ano passado assumiu o ônus do veto ao jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.