Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca volta atrás e pede desculpas a Rentería pela agressão

Treinador reconhece que errou na cotovelada a atacante mas diz que não tinha intenção de machucá-lo

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O técnico Cuca falou pela primeira vez nessa sexta-feira depois da eliminação do Cruzeiro na Libertadores diante do Once Caldas. O treinador afirmou que o fracasso ainda dói muito no grupo e reconheceu que errou ao acertar uma cotovelada em Rentería no segundo tempo.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Logo depois da partida de quarta-feira, Cuca negou que tivesse agredido Rentería, dizendo que o jogador estaria querendo ganhar tempo no lance. Todavia, com a cabeça mais fria, Cuca reconheceu o erro e disse que já se desculpou com o atleta.

“Quem mais errou fui eu naquele dia. Ainda que tivesse na minha área de defesa, na minha área técnica, quando eu vi o Renteria vindo, fiz o movimento de autodefesa e acabei acertando o rapaz. Não tive a intenção de machucá-lo, mas estou errado. Errei e hoje mesmo falei com ele. Ele também me procurou para conversar e já pedi desculpas. Reconheço meu erro e temos que saber perder também”, disse o treinador.

Cuca afirmou que o grupo cruzeirense ainda não “engoliu” a eliminação, mas prometeu um time de cabeça erguida contra o Atlético-MG. “Ninguém engoliu, não é só o torcedor. Aqui mais ainda. Se serve de consolo, o grupo estava muito para baixo. Um sentimento aflorado, porque todos sentiram muito. Todos queriam igual ao torcedor sair campeão da competição. Mas temos que ser profissionais porque temos um outro objetivo que é ganhar o Mineiro”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCopa Libertadores 2011Cuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG