Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca revela que Léo e Montillo preocupam para o clássico

Os dois jogadores não treinaram nessa sexta-feira e treinador ainda não tem certeza da presença de ambos

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O técnico Cuca deixou para este sábado a definição do time do Cruzeiro que enfrenta o América-MG, no próximo domingo. O treinador não pôde contar com o zagueiro Léo e com o armador Montillo no treino dessa sexta-feira e revelou que está preocupado sobre o aproveitamento dos dois no clássico.

Desde que chegou ao Cruzeiro, Cuca tem como hábito não esconder o time, revelando a escalação antes da partida. Mas, dessa vez, o treinador preferiu deixar para o último treino a definição do time que vai a campo. O zagueiro Léo sofreu uma pancada no pé direito no treinamento da última quinta-feira e teve que deixar a atividade. Já Montillo continua em tratamento da tendinite no joelho esquerdo.

“Não diria que não preocupa (a situação dos dois atletas). Se não preocupasse estariam treinando. Preocupam sim. Léo foi uma batida forte no peito do pé e Montillo segue em tratamento da tendinite. Espero os dois para definir o time”, disse o treinador.

Cuca confirmou que Leandro Guerreiro será o substituto de Henrique no meio-campo. Mas a situação do ataque parece depender da liberação do argentino Montillo. Caso o camisa 10 seja poupado novamente, o time pode ir para campo com três atacantes. “Sobre o ataque já tenho a definição, mas vou colocar em prática no treino de amanhã (sábado). Jogador vai saber que vai jogador por mim e não via imprensa. Amanhã definimos para vocês (imprensa)”, explicou.

Cuca não negou a possibilidade de utilizar o trio ofensivo com Wallyson, Thiago Ribeiro e Wellington Paulista. “Também treinei assim com eles, com Wellington Paulista, Wallyson, e Thiago Ribeiro. Mas também testei só com dois. Estamos bem preparadinhos. Fizemos várias situações de jogo”, concluiu o treinador.

O atacante Wallyson confirmou que não sabe ainda como será a formação ofensiva. “Deixo essa dor de cabeça para o Cuca, mas tenho certeza que quem entrar vai ajudar muito o Cruzeiro”, disse o atacante.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011Cuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG