Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca reclama de gol anulado e diz que não vai sair do Atlético-MG

Treinador lamenta erro do árbitro, que anulou gol do Atlético-MG ainda no primeiro tempo do clássico

Gazeta |

O Atlético-MG não teve a melhor das suas apresentações recentes no clássico contra o América-MG , mas alguns lances polêmicos poderiam ter mudado o rumo da partida. Ainda no primeiro tempo, o juiz anulou um gol do time atleticano ao marcar falta de Leonardo Silva no goleiro Neneca após disputa pela bola no alto, na oportunidade que mais causou reclamação no lado alvinegro.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Para o técnico Cuca , apesar de não poder culpar a atuação do árbitro paulista Cleber Welington Abade, se o seu time saísse na frente naquela oportunidade o rumo da partida poderoa ter sido totalmente diferente. "É um lance em que não houve falta e o juiz acabou anulando o nosso gol. Se você sai na frente naquele momento, o time poderia ter feito outro jogo, mais tranquilo. Claro que perdemos um monte de gols, mas o Abade acabou nos prejudicando", comentou.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

O comandante atleticano ainda chamou atenção para um pênalti não marcado em cima de Bernard, no começo do segundo tempo, mas preferiu não se aprofundar nas reclamações.

Questionado se a falta de resultados recentes poderia ocasionar a sua saída (já são quatro partidas sem vitória), Cuca garantiu que, no que depender de sua vontade, ele fica até o fim no clube.

"Não vou abandonar esses meninos. Eu vou estar com eles até o final. Agora, esse é o meu pensamento como comandante, não posso falar pela diretoria. Tomara que seja igual ao meu, mas se eles tiverem uma outra ideia, talvez trazer alguém pra mudar o ânimo do time, a gente tem que respeitar e entender", completou.

 

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Cuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG