Tamanho do texto

Treinador do Atlético-MG diz que história do clube paulista do técnico Felipão indicam as dificuldades

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Mesmo com o péssimo momento do Palmeiras, Cuca não espera uma partida fácil para o Atlético
O ambiente do Palmeiras não é dos melhores, desde problemas entre jogadores com o técnico Felipão e até mesmo assuntos pessoais dos próprios atletas, caso do chileno Valdívia . A falta de sintonia no vestiário e no comando fez o time paulista despencar no Brasileirão. Depois de somar 32 pontos no primeiro turno, o Palmeiras tem apenas nove no returno, campanha superior apenas a Cruzeiro e Ceará . Mas nada disso ilude o Atlético-MG para o jogo deste domingo, na Arena do Jacaré.

Veja também: Atlético-MG fora do Z-4 depois de sete rodadas. Veja a classificação

Mesmo diante de um rival em crise, o técnico Cuca não espera uma partida fácil. O treinador atleticano lembra o peso que tem a camisa palmeirense e também o histórico dos times de Luiz Felipe Scolari.

Leia também: Alexandre Kalil completa três anos como presidente do Atlético-MG

“ A gente tem que ser inteligente, não podemos desvalorizar o Palmeiras e o Felipão. Não tem um jogo contra o Palmeiras, contra o Felipão que você possa dizer que é melhor do que pegar aquele outro. Vai ser um jogo duro, encardido, difícil, de forte marcação, de disposição tática e física , jogo que você tem de ganhar no detalhe”, disse o treinador atleticano, garantido que sua equipe está preparada.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Tem que ser uma equipe super equilibrada, nos preparamos a semana inteira para ter um jogo duro e difícil, como imaginamos que vai ser”.

Com 41 pontos e na 13ª colocação , o Palmeiras já desistiu da briga por uma vaga na Copa Libertadores e agora foca a permanência na Série A. No entanto, na opinião de Cuca, essa não é a disputa do dos paulistas. Para o treinador atleticano, a equipe de Luiz Felipe Scolari vai passar dos 50 pontos. Sobre o jogo deste domingo, Cuca lembra da partida entre Cruzeiro e Palmeiras, no ano passado, pela última rodada .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Mesmo com o Palmeiras fora de qualquer disputa e com o Corinthians brigando pelo título com o Cruzeiro, o time celeste não teve facilidade e conseguiu marcar o gol da vitória somente aos 47 minutos do segundo tempo, com Wallyson . Por isso, o Atlético-MG está preparado para uma partida bastante complicada, garante Cuca.

Nós estamos nos preparando para um jogo dificílimo. Ano passado, quando estava no Cruzeiro, o último jogo não valia nada para o Palmeiras, mas ganhamos aos 47 minutos do segundo tempo, um jogo encardido até o final e é sempre assim”. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.