Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca monta provável time que vai jogar em Teófilo Otoni

Treinador deve poupar seus titulares no Estadual para o duelo contra o Deportes Tolima, na Colômbia

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Vippcom
Cuca deve poupar seus principais atletas para o jogo contra o Deportes Tolima, pela Libertadores
A intenção do técnico Cuca de não poupar jogadores no Campeonato Mineiro durante a Copa Libertadores parece que não se concretizará nesse início de temporada. Depois da estreia contra o Estudiantes, o treinador do Cruzeiro mandou a campo um time misto contra o Ipatinga e venceu. Agora, a expectativa é que o técnico poupe seus principais titulares novamente no duelo contra o América-TO, já que encara o Deportes Tolima pelo torneio continental na semana que vem.

Na reapresentação nessa quarta-feira, o Cruzeiro disputou um jogo-treino contra o Sagrada Esperança, de Angola, com um time reserva. A equipe que treinou foi: Rafael; Rômulo, Edcarlos, Leo e Fabrício Carioca; Leandro Guerreiro, Everton, Pedro Ken e Dudu, Thiago Ribeiro e Farías. Os titulares que golearam o Guaraní, do Paraguai, por 4 a 0, na última terça-feira, fizeram trabalhos regenerativos.

Depois do compromisso contra os paraguaios, Cuca fez mistério sobre a escalação que mandará a campo no Estadual. “Ainda não me decidi sobre isso. Tem jogador que se sente bem jogando quarta(feira) e domingo, precisa dessa sequência. Outros voltam mais cansados. Vou sentir o time durante a semana”, explicou o treinador.

A partida contra o América-TO, pelo Campeonato Mineiro, será nesse sábado. Já na segunda-feira, a delegação segue para a Colômbia pela manhã, onde enfrenta o Deportes Tolima, em Ibague, na quarta-feira. O volante Henrique disse que é um “fominha” e que quer sempre jogar. “Jogadores querem sempre atividade, para manter o ritmo de jogo. Sou um fominha. No ano passado, acho que disputei 62 partidas. Gosto sempre de jogar para estar sempre com ritmo bom”, ressaltou o atleta.

Já o capitão Fábio disse que o importante é o jogador estar sempre motivado, independentemente do jogo a ser disputado. “Tem que estar sempre motivado. Eu sempre gosto de jogar, mas vou respeitar o que determinar o técnico Cuca”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011Cuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG