Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca explica ausência de Roger no clássico: "Sentiu a eliminação"

Treinador disse que meia sentiu a derrota para o Once Caldas, mas que conta com jogador na sequência

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Para o primeiro clássico da decisão do Campeonato Mineiro contra o Atlético-MG, o técnico do Cruzeiro, Cuca, decidiu promover algumas mudanças em seu time titular. A que mais chamou a atenção foi a ausência do meia Roger no time, com Gilberto ocupando seu lugar na criação das jogadas. O técnico disse que Roger sentiu muito a eliminação do Cruzeiro na Libertadores e por isso não foi escalado.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Roger foi muito criticado pela torcida depois que foi expulso no primeiro tempo do jogo contra o Once Caldas, da Colômbia, depois de dar dois carrinhos infantis nos adversários.

O técnico Cuca revelou em sua entrevista coletiva depois do clássico contra o Atlético-MG que Roger foi um dos que mais sentiu o peso da eliminação precoce no torneio continental. “Como treinador, você sente quem acusou mais a situação (eliminação). Sentimos isso na comissão técnica. Ninguém está tirando dele a condição de nos ajudar. Temos uma semana cheia para descansar e jogar de forma física igual na semana que vem”, avaliou o treinador cruzeirense.

E o segundo jogo da decisão do Mineiro pode ser uma grande oportunidade para Roger se redimir. O meia Montillo está suspenso por ter sido expulso no primeiro jogo da final e a camisa 10 pode voltar para o armador.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011Roger

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG