Foi na 28ª rodada, como agora, que a equipe carioca arrancou para parmanecer na Série A do Brasileirão

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Importante para o Fluminense em 2009, Cuca quer repetir o feito no comando do Atlético-MG
Contratado com a missão de evitar o rebaixamento do Atlético-MG , Cuca recorre ao passado para repetir o feito. Desde que o Brasileirão passou a ser disputado por pontos corridos, o treinador atleticano conseguiu salvar três times do rebaixamento. Apesar de não ter caído com Goiás e São Caetano , nenhuma foi tão marcante quanto foi com o Fluminense , que chegou a ter 99% de rebaixamento, segundo matemáticos. O clássico deste sábado, com o América-MG , é válido pela 28ª rodada, e foi quando começou a reação dos cariocas, em 2009.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Depois de perder o clássico para o Flamengo , por 2 a 0, o Fluminense fechou a 27ª rodada com apenas 21 pontos, na lanterna da competição e sete pontos atrás do Santo André, primeiro time fora da zona de rebaixamento. A reação tricolor começou justamente na 28ª rodada, quando o time comandado por Cuca empatou com o Corinthians em 1 a 1. Invicto nas últimas 11 rodadas, a equipe tricolor terminou a competição com 46 pontos e ficou na Série A.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Diante dos números do passado e os números atuais, Cuca se mostra preparado para mais uma batalha contra o rebaixamento, mas o treinador do Atlético-MG mostra muita confiança ao lembra que o time mineiro tem uma tarefa menos árdua pela frente . Depois de citar as vezes que conseguiu ficar na Série A, Cuca faz as contas para repetir o feito.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“Teve outras, São Caetano em 2005. Estávamos numa situação muito complicada, mas conseguir ganhar aqui, fizemos 3 a 1 no Cruzeiro . O Goiás, com o segundo que teve em 2003. O Fluminense numa situação muito mais delicada do que temos. Faltam 11 jogos para o final do Brasileiro e praticamente dependemos só da gente. Se conseguirmos seis vitórias e mais alguma coisa, vamos escapar”.

Com sete vitórias e quatro empates, o Fluminense de Cuca se manteve na primeira divisão. Se no Atlético-MG a situação se mostra um pouco menos complicada, o técnico alvinegro ressalta que sua equipe tem atuado bem, que uma sequência de vitórias é questão de tempo.

“Estamos jogando bem, e esse é um dos indícios mais fortes para você sair. É estar com consistência, daqui a pouco vai ter um pouquinho mais de sorte do que está tendo. Vai vencer partidas e embalar, esse é o nosso pensamento, nosso sentimento. Então é preciso saber administrar um ou outro resultado ruim, eles ocorrem, infelizmente. Mas temos esperança e confiança em poder dar essa arrancada e sair o quanto antes dessa situação”

Prêmio para não cair

Por ter mantido o Fluminense na Série A, Cuca e seus jogadores foram bem recompensados pelo clube tricolor. No Atlético-MG, no entanto, esse assunto não é comentado pela diretoria. O capitão do time, o zagueiro Leonardo Silva , até falou a respeito durante a semana. No entanto o camisa 4 disse abrir mão de incentivo extra pela dignidade do elenco. O técnico Cuca diz que também não faz questão de um prêmio, mas lembra que no caso do Fluminense serviu como um investimento para o título Brasileiro de 2010.

“Não sei se vamos ter ou não, não vejo nada de anormal. Às vezes a equipe tem bom prêmio, como o elenco do Fluminense e eu tivemos em 2009, para não cair. E esse não cair foi parte do título de 2010. Então foi um ótimo investimento para o clube. Mas quero deixar bem claro que ninguém tem falando nisso. Eu troco qualquer dinheiro do mundo para ganhar jogo e ficar na primeira divisão. Acho que eles (jogadores) também”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.