Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca diz que rodada do Brasileiro foi perfeita para o Atlético-MG

Time alvinegro iguala campanha do primeiro turno com apenas dez jogos e encosta nos adversários de Z-4

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Na luta contra o rebaixamento, o Atlético-MG não poderia esperar melhores resultados do que foram os jogos envolvendo os clubes que estão na parte de baixo da classificação . Além de bater o Santos por 2 a 1 , o time alvinegro foi o único que conseguiu vencer entre os clubes que estão da 14ª colocação até a 19ª posição. Com a derrota do Ceará para o América-MG e o empate entre Bahia e Cruzeiro , o Atlético-MG pode deixar a zona do rebaixamento caso vença o Vasco e conte com tropeço de Ceará ou Cruzeiro , que enfrentam Flamengo e Corinthians , respectivamente.

Veja também: Um ponto separa Atlético-MG do Cruzeiro. Veja a classificação atualizada

Além dos times de cima, os time de baixo também tropeçaram, e ambos nos seus domínios. O resultado foi igual para Avaí e Atlético-PR . Os catarinenses empataram em 2 a 2 com o Atlético-GO , e o placar se repetiu na Arena da Baixada, no duelo entre paranaenses e Vasco . Diante de cenário tão positivo para quem luta contra o rebaixamento, o Atlético-MG fez sua parte e Cuca classificou a 29ª rodada como perfeita.

Leia também: Atlético-MG investe R$ 26 mil para contar com Réver e tem retorno

“Essa foi uma rodada perfeita. Se a gente tivesse que pedir alguma, ia pedir certinho como aconteceu. Foi uma rodada perfeita porque ela terminou perfeita. Não adianta ficar olhando outros jogos e chega na hora e não dá certo. Já cansei de torcer por um time na hora e lá na frente ver que eu torci pelo time errado. Em 2009, lá no Fluminense , a gente torcia todo jogo para o Coritiba vencer, para no último não valer nada para o Coritiba. Não venceu, no final jogamos lá e acabou caindo o Coritiba. Secar não vai mudar nada, temos de fazer por onde. O Vasco está na liderança do campeonato, imagina como vai estar São Januário? Mas eu, junto do grupo, tenho a ambição de ir lá e vencer”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

nullSiga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

O motivo da reação do Atlético-MG está na boa campanha que o time faz no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Em apenas dez jogos, a equipe comandada por Cuca somou 15 pontos e assim tem a quarta melhor campanha do returno , atrás apenas de Fluminense, Internacional e Santos . A marca atingida diante do Santos iguala o desempenho atleticano no primeiro turno, quando o Atlético-MG somou 15 pontos em 19 jogos, fazendo uma das sete piores campanhas de primeiro turno na era dos pontos corridos.

Enquanto praticamente dobrou seu aproveitamento, o Atlético-MG viu os adversários caírem de produção, casos de Cruzeiro e Ceará, que com quatro e sete pontos, são os dois piores times do segundo turno, respectivamente. Se hoje a diferença atleticana para o maior rival é de apenas um ponto, ela era de 12 ao final do turno, enquanto para o Ceará eram de dez pontos.

No entendimento de Cuca, a reação passa pelo comportamento da torcida, que jamais abandou o Atlético-MG . Tanto que o clube tem jogado sempre com públicos acima de dez mil pagantes quando é o mandante da partida.

“A recuperação passa pela torcida, porque não é fácil você estar na zona do rebaixamento, está jogando a 70 quilômetros da sua casa (distância entre Belo Horizonte e Sete Lagoas), uma chuva que Deus mandou e você por 12.500 pessoas num campo, à noite. Isso é difícil. Então a torcida teve um papel fundamental, ajudando, apoiando e vaiando o adversário quando tinha a posse de bola. Esse fator, de estar agregado junto do torcedor, é o mais forte que a gente tem. É a torcida levando esses meninos, o time tem cinco criados no clube . Então a torcida abraçou”

 

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011CucaCruzeiroCearáBahia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG