Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cuca diz que foi "vergonhosa" a goleada sofrida pelo Atlético-MG

Treinador assume maior parte da responsabilidade pela derrota e lamenta que equipe não tenha repetido as últimas atuações

Gazeta |

O técnico Cuca classificou a goleada sofrida por 6 a 1 diante do Cruzeiro neste domingo, como vergonhosa para o Atlético-MG. O treinador assumiu a maior parte da responsabilidade pelo revés, mas afirmou que o dia não era dos atleticanos, que não conseguiram repetir o mesmo futebol de jornadas anteriores. O treinador ainda lamentou os erros cometidos pela equipe - que, segundo ele, facilitaram a vida dos adversários.

Confira a classificação do Brasileirão 2011

"Eu como comandante lógico que tenho a culpa maior pela derrota. Uma derrota vergonhosa como nós tomamos por 6 a 1, em um dia em que nada deu certo, um dia que não se jogou o futebol que vinha jogando, um dia em que as coisas para o adversário deram muito certo. Chutaram nove bolas no gol e em seis foram felizes. Nós também oferecemos as chances para o adversário e eles aproveitaram. As peças do Cruzeiro, principalmente as mais experientes, funcionaram bem", declarou.

Leia também: Zezé Perrella se despede do Cruzeiro com provocação ao Atlético-MG

O comandante atleticano enalteceu a atuação do Cruzeiro, que aproveitou bem as falhas do seu time. Cuca voltou a frisar que o Atlético-MG decepcionou ao não conseguir repetir as atuações das últimas partida do Campeonato Brasileiro. Por fim, admitiu que a equipe não conseguiu ter o controle da partida em nenhum momento.

"Nós não conseguimos em momento algum ser a equipe que vinha jogando nas últimas partidas. Não fomos combativos, e após tomar o primeiro gol deu uma desequilibrada. Tentamos colocar o Magno (Alves) no jogo para ter uma força ofensiva maior, mas também não tivemos a fortuna necessária, e o Cruzeiro teve méritos na vitória. Eu acho que foi exagerado o placar, mas não adianta tentar encontrar culpados. O culpado maior sou eu, que sou o treinador. Temos que enaltecer o adversário e vida que segue", disse.

Leia tudo sobre: brasileirão 2011atlético-mgcuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG