Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

CT do Caju também faz parte do projeto Copa 2014 do Atlético-PR

Meta é que complexo do clube sirva de concentração permanente de uma grande seleção no Mundial do Brasil

Altair Santos, iG Curitiba |

O COL (Comitê Organizador Local) finalizou nesta terça-feira a etapa de vistorias nos campos de apoio da subsede Curitiba para a Copa do Mundo da Fifa. Na segunda-feira, foram inspecionados os estádios Couto Pereira e Janguito Malucelli e os centros de treinamento do Coritiba e do Trieste. Nesta terça, os representantes da FIfa estiveram no CT do Geraldo, no Ninho da Gralha e na Vila Capanema, do Paraná Clube, além do CT do Caju.

Foi no centro de treinamento do Atlético Paranaense que os inspetores mais demoraram. A vistoria levou quase três horas e, apesar do grupo estar proibido de dar entrevista, porta-vozes que acompanharam a comitiva disseram que ela ficou bem impressionada. “Eles já tinham uma noção do que iam encontrar e ressaltaram isso”, resumiu o gestor municipal para a Copa, Luiz de Carvalho. Os elogios fazem o Atlético entrar em uma nova fase do projeto Copa 2014.

Além de agregar o estádio ao evento, o clube vê na avaliação do COL a oportunidade de atrair uma grande seleção para o CT do Caju. Foi pensando nisso que em 2007 o Atlético inaugurou um novo hotel no complexo e hoje tem capacidade para hospedar 284 pessoas. O local também tem um centro de convenções para 200 lugares, restaurante com capacidade de servir 15 mil refeições por mês e oito campos de treinamento, em uma área de 220 mil metros quadrados.

AE
Membros do Comitê Organizador Local caminham pelo centro de treinamento do Caju nesta terça-feira

O CT do Caju também tem know-how em receber seleções. A ponto de em maio do ano passado, antes de embarcar para a Copa na África do Sul, o complexo servir para a delegação do Brasil fazer a aclimatação ao inverno africano. Estima-se que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) pagou R$ 1,5 milhão por uma semana de aluguel das instalações atleticanas. A partir daí, já dá para ter uma noção de quanto o CT pode dar de lucro ao clube na Copa de 2014.

O Atlético prepara para os próximos meses o lançamento de um projeto Copa, que inclui a divulgação do CT do Caju fora do País, principalmente na Europa. Será uma segunda etapa do envolvimento do clube com o Mundial. A primeira fase é dar a largada nas obras de readequação da Arena da Baixada, que deve ocorrer até o final do 1.º semestre. Procurando manter sigilo sobre cada passo a ser dado, a diretoria se limita a pequenos comentários, mas não esconde o otimismo. “Temos muitas possibilidade de crescer”, diz o vice-presidente Ênio Fornea Júnior, gestor do projeto Copa no Atlético.

Leia tudo sobre: atlético-prcopa 2014ct do caju

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG