Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro vive relação de amor e ódio com torcida na reta final

Time fugiu da pressão e preferiu treinar em Atibaia, mas pede apoio na Arena do Jacaré contra o Inter

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

É difícil encontrar explicações para o atual momento do Cruzeiro no Brasileirão. Mais difícil ainda é entender o posicionamento da torcida nessa fase. Nas redes sociais, revolta e ao mesmo tempo apoio. Fato é que, mesmo pressionados, os jogadores contam com os cruzeirenses na Arena do Jacaré na partida contra o Internacional, no domingo.

Cruzeiro é o 17º no Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Mesmo com o time fazendo campanha ruim no Brasileirão, a torcida lotou a Toca da Raposa antes da partida com o Botafogo, no Rio de Janeiro, para assistir ao treino do time mineiro. Mais de três toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadados e doados para instituições de caridade.

Mas a paciência do torcedor do Cruzeiro terminou de vez com a goleada de 5 a 1 para o Flamengo no último domingo. O time foi recebido com protestos no aeroporto de Confins e teve que sair pelos fundos para evitar maiores confusões.

Leia também: Fábio quebra Lei do Silêncio e comenta "venda" pelo Twitter

Depois do episódio, a comissão técnica decidiu por uma viagem até Atibaia, em São Paulo, para ter mais tranquilidade durante a semana e evitar o confronto com a torcida. Apesar dos protestos e manifestações contrárias dos torcedores, o elenco pede apoio.

Veja também: Time que mais sofre pênaltis, Cruzeiro tem falhado na pontaria

"Nosso torcedor tem que incentivar, empurrar o time nesse próximo jogo. Sem o torcedor nada adianta, remaremos contra a maré", pediu o goleiro Fábio. O Cruzeiro encara o Internacional, no domingo, às 19h, e a diretoria reduziu o preço dos ingressos para incentivar a participação dos torcedores. A entrada mais barata sairá a cinco reais e a carga total é de 18 mil ingressos, que já podem ser adquiridos a partir dessa quinta-feira.

Gazeta Press
Paciência acabou e torcida protestou no aeroporto
O técnico Vágner Mancini prefere não prestar muita atenção nos protestos dos torcedores e concentra suas atenções para tentar solucionar os problemas do time. "Não fico atento ao que está acontecendo fora do clube. Quanto mais você quer escutar todo mundo, mais você se perde. Acho que você tem de ter cabeça voltada para o trabalho e para solucionar aquilo que você vê diariamente dentro do clube. O torcedor é apaixonado, quer que o time sempre vença, a gente entende e respeita", afirmou o treinador.

Incentivo
Apesar da péssima campanha no returno, quando só venceu uma partida, o Cruzeiro tem recebido apoio dos seus torcedores na Arena do Jacaré. Nos três últimos jogos no estádio de Sete Lagoas (contra São Paulo, Corinthians e Atlético-GO), o time teve uma média de público de 10.847 torcedores.

Confira o público nos últimos jogos em casa:
Cruzeiro 3 x 3 São Paulo- 9.944 pagantes
Cruzeiro 0 x 1 Corinthians- 17.004 pagantes
Cruzeiro 3 x 2 Atlético-GO – 5.595 pagantes

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e opine se essa é a hora de incentivar ou protestar

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011torcida

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG