Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro vira sobre o Atlético-GO e quebra jejum de 11 partidas

Cruzeiro volta a vencer depois de quase dois meses e se mantém fora da zona do rebaixamento do Brasileiro

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Demorou, mas enfim o Cruzeiro venceu no segundo turno do Campeonato Brasileiro . Foram 11 partidas de espera, mas com dois gols de Anselmo Ramon e um de Farías, o time mineiro bateu o Atlético-GO por 3 a 2, de virada. Thiago Feltri e Felipe fizeram os gols atleticanos. Com o resultado o Cruzeiro subiu uma posição no Brasileirão, é agora o 15º colocado. Já o Atlético-GO permanece com 42 pontos, precisando somente de uma vitória para confirmar presença na Série A em 2012.

null

Confira a classificação e a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro

Com 34 pontos, o Cruzeiro abre dois de vantagem para o Ceará, primeiro time dentro da zona do rebaixamento. Na próxima rodada, no entanto, o time celeste tem uma missão complicada pela frente, contra o Botafogo, no Engenhão. O jogo pode ser contra um candidato ao título, mas o alívio depois de 11 vitórias é o combustível do Cruzeiro. “A raça está prevalecendo. Fizemos o que tínhamos de fazer, nada mais do que nossa obrigação”, disse Anselmo Ramon, o heroi cruzeirense neste domingo.

O Atlético-GO tem a chance de se recuperar diante do Internacional, no domingo, no Serra Dourada. Caso vença, o time de Goiás vai se garantir na Série A pelo terceiro ano consecutivo.

O jogo
O Cruzeiro começou a partida dentro da zona do rebaixamento. O time celeste precisava vencer ou pelo menos empatar para deixar o grupo dos últimos colocados. Assim, a equipe da casa se lançou ao ataque desde os primeiros minutos. A primeira boa oportunidade foi de Fabrício, aos três minutos. O volante chutou de fora da área e o goleiro Márcio espalmou. Em seguida foi a vez de Anselmo Ramon receber dentro da área, mas cabecear por cima do gol.

AE
Jogadores do Cruzeiro comemoram gol marcado pelo argentino Farías

Mas quem marcou primeiro foi o Atlético-GO. Depois de uma boa troca de passes no campo ofensivo, o lateral-esquerdo Thiago Feltri ficou sozinho com o goleiro Fábio. O camisa 6 da equipe rubro-negra precisou chutar duas vezes para abrir o placar e complicar ainda mais situação cruzeirense. O gol fez Vágner Mancini colocar três jogadores no aquecimento, mas apenas Roger entrou no jogo aos 26 minutos. Pouco antes o Cruzeiro quase marcou, mas Anselmo Ramon não alcançou a bola cabeceada por Farías.

Autor do primeiro gol, o lateral-esquerdo Thiago Feltri quase fez o segundo aos 31 minutos. O jogador do Atlético-GO deu um belo drible em Victorino, mas parou no goleiro Fábio. Lutando bastante mas sem chances de finalizar, o argentino Farías começou a se destacar. Aos 34 minutos ele só não marcou por conta de boa defesa de Márcio, mas aos 41 o goleiro do Atlético-GO não evitou e camisa 11 empatou a partida para o Cruzeiro.

Embalado pela torcida e com mais um jogador no ataque, Élber entrou no lugar do lesionado Fabrício, o Cruzeiro sufocou o Atlético-GO nos primeiros minutos. Foram pelo menos quatro grandes oportunidades para o time celeste virar o placar. Anselmo Ramon aos sete, Roger aos nove e Montillo aos 12 minutos chutaram para fora. O único que acertou o alvo foi Fárias, aos oito minutos, mas o goleiro Márcio fez outra grande defesa.

Passada a pressão inicial, o Atlético-GO voltou a colocar a bola no chão e tocar em busca de uma nova oportunidade, que apareceu aos 21 minutos. Em impedimento, Anselmo não foi na bola, mas Felipe chegou em condição lega e tocou na saída de Fábio para fazer 2 a 1. A resposta cruzeirense foi praticamente imediata, com o gol de empate de Anselmo Ramon, aos 25 minutos.

E foi o camisa 9 do Cruzeiro o responsável por manter a equipe celeste dois pontos longe da zona do rebaixamento. Aos 29 minutos, num chute ou num cruzamento, enfim, Anselmo Ramon virou o jogo para o Cruzeiro. Em vantagem e incentivado pelos mais de cinco mil pagantes, o time de Vágner Mancini soube jogar o minutos finais e quebrar um jejum de 11 partidas sem triunfos.

AE
Lance da partida entre Cruzeiro x Atlético-GO deste domingo

FICHA TÉCNICA - CRUZEIRO 3 x 2 ATLÉTICO-GO
Local:
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG
Data: 23 de outubro de 2011, domingo
Horário: 18h (horário de Brasília)
Renda: R$ 52.768,00
Público: 5.595 pagantes
Árbitro: Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Cartões Amarelos: Naldo, Élber e Marquinhos Paraná (CRU); Thiago Feltri e Joilson (AGO)

GOLS:
CRUZEIRO: Farías, aos 41 minutos do primeiro tempo; Anselmo Ramon, aos 25 e aos 29 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: Thiago Feltri, aos 15 do primeiro tempo; Felipe, aos 21 do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Victorino e Naldo; Vítor (Roger), Fabrício (Élber), Marquinhos Paraná, Montillo e Diego Renan; Farías e Anselmo Ramon (Cribari).
Técnico: Vágner Mancini.

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Marino (Juninho), Bida (Joilson), Pituca e Vítor Júnior; Felipe e Anselmo.
Técnico: Hélio dos Anjos.

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Atlético-GO

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG