Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro vence o Villa Nova com gol no fim do jogo

O único gol da partida foi assinalado pelo estreante André Dias, aos 41 minutos da etapa final

Gazeta |

Apesar das dificuldades encontradas pelo gramado e pelas dimensões reduzidas do estádio castor Cifuentes, o Cruzeiro conseguiu fazer a sua parte e venceu o Villa Nova por 1 x 0. O gol do jogo foi assinalado pelo estreante André Dias. A partida válida pela segunda rodada do Campeonato Mineiro foi realizada neste domingo, em Nova Lima, e com a vitória, o Cruzeiro passa a dividir a liderança da competição com o rival Atlético-MG, ambos com seis pontos.

No próximo sábado Cruzeiro e Atlético-MG realizam o super clássico de Minas Gerais, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Já o Villa Nova vai medir forças no dia 13 deste mês enfrentando o Funorte, em Montes Claros.

O equilíbrio foi à tona do duelo entra Villa Nova e Cruzeiro. Pouco criativas, as duas equipes se estudaram muito e a forte marcação levou a melhor sobre os setores ofensivos. As principais chances de gol surgiram de jogadas individuais, bolas paradas e de arremates de fora de área.

O jogo
Logo no primeiro minuto, Thiago Ribeiro arrematou da entrada da área, e o zagueiro Carciano salvou quase em cima da linha, para evitar o gol do Cruzeiro. Após este lance, a partida passou a se desenvolver de forma cadenciada, com as duas equipes se estudando bastante. O time da casa levou perigo aos dez minutos, com um chute forte de fora da área de Dudu Araxá, mas a bola passou a esquerda do goleiro Fábio.

Aos 12, nova tentativa do Villa Nova, o armador argentino, Palermo, obrigou o arqueiro celeste a fazer grande intervenção, espalmando a bola para escanteio. Aos 22, o Cruzeiro voltou a assustar com Thiago Ribeiro, que em jogada pelo lado direito arriscou um bom chute que surpreendeu o goleiro Wagner do Villa, que fez a defesa.

Vipcomm
Wellington Paulista foi titular, mas não marcou pelo Cruzeiro

Aos poucos o time do Cruzeiro começava a criar algumas boas jogadas, tanto que aos 27, o armador argentino Montillo arriscou de fora da área e o goleiro Wagner teve que trabalhar para evitar o gol da Raposa. Explorando bem os espaços deixados pela defesa do time da casa, o atacante Thiago Ribeiro criava boas alternativas para o time celeste pelo lado direito. Aos 35, ele cruzou e Wellington Paulista quase marcou pegando de primeira.

Com domínio das ações a Raposa, chegou mais uma vez, aos 36, mas o centroavante Wellington Paulista se atrapalhou e perdeu boa chance. Aos 42, o atacante celeste acertou o alvo em cheio, e à queima-roupa o goleiro Wagner salvou o Villa Nova do pior.

A segunda etapa começou de forma semelhante que o primeiro tempo, com as duas equipes esperando uma falha para definir o jogo. Aos dois minutos, Alan Taxista, quase rouba uma bola do goleiro Fábio, que se recupera e salva o Cruzeiro.

Aos 18, Fábio operou milagre para salvar a equipe, depois de uma cabeçada certeira de Gedeon. Com o Villa Nova chegando com perigo, o técnico Cuca promoveu a primeira alteração do jogo, sacando o lateral-direito Pablo e colocando o atacante André Dias, que fez sua primeira partida oficial com a camisa do time celeste.

Com a substituição, Gilberto foi deslocado para a lateral-esquerda e Diego Renan passou jogar pela direita. Aos 25. Montillo cobrou falta colocada, mas o goleiro Wagner, em noite inspirada fez a defesa. Aos 32, depois de um erro de passe no meio-campo, o meia Gedeon tentou surpreender Fábio, em chute por cobertura, mas a bola sobre o gol.

Aos 36, o zagueiro Carciano, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um homem a mais em campo, a Raposa foi para cima do Villa Nova, e aos 41, depois de jogada de Wallyson pela direita o estreante André Dias empurrou para as redes e abriu o placar para o Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA 0 X 1 CRUZEIRO

Local: Estádio Castor Cifuentes, Nova Lima
Data: 06 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 19h30 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Júnior (CBF/FMF)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF) e Janette Mara Arcanjo (CBF/FMF)
Cartões amarelos: Bruno Lourenço, Palermo, Carciano e Gedeon (Villa Nova); Thiago Ribeiro, Gil e Léo (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Carciano (Villa Nova)
Gol: André Dias, aos 41 minutos do segundo tempo

VILLA NOVA: Wagner, Alex, Carciano, Bruno Lourenço e Radar; Dudu Araxá, Ricardo Bóvio (Marquinhos), Gedeon e Palermo; Alan Taxista e Paulo (Heitor)
Técnico: Wilson Gottardo

CRUZEIRO: Fábio; Pablo (André Dias), Gil, Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Henrique, Gilberto e Montillo; Thiago Ribeiro (Wallyson) e Wellington Paulista (Dudu).
Técnico: Cuca

Leia tudo sobre: cruzeirocampeonato mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG