Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro tem se virado bem na temporada sem Montillo

Armador, que não deve enfrentar o Estudiantes, ficou de fora de três jogos e o time venceu todos eles

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Cruzeiro pode ficar sem um dos seus principais jogadores na difícil partida contra o Estudiantes, na Argentina. O meia Montillo ainda não sabe se estará em campo, já que está na dependência do agendamento de uma cirurgia no coração de seu filho caçula. Apesar da importância do jogador, o Cruzeiro está se virando bem sem o argentino nesta temporada. Foram três partidas sem ele, com três vitórias.

Durante a semana, Montillo revelou a vontade de voltar ao seu país de origem, mas colocou a saúde de seu filho como prioridade. “Seria muito bom jogar lá, até porque faz muito tempo que estou fora. A família, os amigos, estão com muita ansiedade, mas compreendem que, em primeiro lugar, está a saúde do meu filho”, explicou Montillo.

Provavelmente, o filho caçula de Montillo, Santino, de apenas um ano, deve ser operado na quarta-feira, dia do jogo contra o Estudiantes.

O Cruzeiro já atuou sem Montillo em três oportunidades nesta temporada, todas pelo Campeonato Mineiro. E saiu vitorioso: 2 x 0 sobre o Ipatinga, 7 x 0 contra o Democrata-GV e 3 x 0 sobre o Funorte. O técnico Cuca reconhece a importância do atleta, mas ressaltou que o Cruzeiro tem outras alternativas. "Um jogador importantíssimo, fundamental, não podemos negar. Mas jogamos sem ele e fomos bem também", lembrou o treinador.

Vipcomm
Roger deu apoio a Montillo e deve ser o principal responsável pela criação das jogadas contra o Estudiantes

O meia Roger apoiou a decisão do atleta. “Montillo tem uma situação que é muito mais importante para estar perto, que é a cirurgia do filho. Ainda bem que está tudo organizado para correr bem. Nosso jogo não é de vida ou morte, estamos classificados e praticamente em primeiro lugar do grupo. Hora de dar apoio a ele. Se não puder ir (para a Argentina), ficaremos com a alma aqui para que a cirurgia seja da melhor maneira possível”, disse o armador.

O técnico Cuca ainda não definiu se Roger atuará sozinho na criação das jogadas, ao lado de três volantes. "Meu outro armador (Dudu) está com a seleção sub20. Temos que ver ainda. Se ele (Montillo) não puder, fica a disputa entre Everton e Leandro Guerreiro", explicou Cuca.

Uma opção é o experiente Gilberto, que vem atuando na lateral esquerda. O jogador disse que pode voltar ao meio-campo se o técnico precisar. “Sou pago para ajudar. Não é saudade de jogar no meio. Dentro da minha filosofia, isso não depende de mim. O cara que está sendo pago, tem que jogar onde precisar. Vou de meia, zagueiro, volante, onde o treinador precisar”, concluiu Gilberto.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCopa Libertadores 2011Montillo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG