Tamanho do texto

Time mineiro tem trocado jogadores de frente com constância, mas ainda não encontrou formação ideal

O ataque vem dando dores de cabeça para o técnico Vágner Mancini no Cruzeiro . Desde que chegou ao clube, no final de setembro, o treinador ainda não se resolveu sobre qual a dupla titular. Keirrison, Anselmo Ramon, Farías, Wellington Paulista, Bobô e Ortigoza ainda não convenceram e se revezam na equipe.

Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileirão. Veja a classificação atualizada

A melhor partida do ataque cruzeirense sob o comando de Vágner Mancini foi a vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-GO . Na ocasião, Anselmo Ramon marcou duas vezes, enquanto Farías anotou um gol. Todavia, os mesmos atacantes foram mantidos na partida contra o Botafogo e não agradaram. "A dupla de ataque que foi bem contra o Atlético-GO e nos deu a vitoria, nesse último jogo ficou a baixo do que esperávamos. Fomos fortes no sistema defensivo e no meio, mas ficamos abaixo do esperado no ataque", avaliou o treinador Vàgner Mancini.

Leia também: Clima nos bastidores esquenta antes de Flamengo x Cruzeiro

Apesar do fraco desempenho no Engenhão, Mancini deve insistir com Anselmo Ramon e Farías diante do Flamengo. "Isso é normal no futebol. Se for mudar toda hora por uma ou outra atuação, vou mexer demais no time. Os dois devem ficar, a tendência é que joguem Anselmo Ramon e Farías", anunciou o treinador.

Mancini defendeu o atacante Keirrison, que já teve suas oportunidades mas ainda não justificou sua contratação. "Keirrison é um exímio finalizador. Dentro da área tem visão ampla do gol, consegue aliar a batida na bola com o olhar. Somente os diferenciados têm isso. A partir do momento que entra em campo, tem outros fatores. Lado emocional, identificação com o grupo, isso faz com que o desempenho seja melhor ou não. Chegou faz pouco tempo. Atacante vive de gols e precisa disso para se sentir bem", explicou o treinador.

Keirrison chegou para resolver e só fez um gol pelo Cruzeiro
Vipcomm
Keirrison chegou para resolver e só fez um gol pelo Cruzeiro
Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba notícias do seu time em tempo real

O meia Roger preferiu não criticar os colegas de ataque, mas deixou a entender que o setor tem deixado a desejar. "Estamos em um momento delicado. Temos um elenco e não podemos mexer mais. Esse jogador de velocidade que é o Wallyson, faz muita falta. Mas não vou reclamar dos nossos atacantes, estão fazendo o que podem. Até porque vamos precisar deles e vão resolver o nosso problema que é não cair. São esses os que temos e confiamos neles para fazer os gols", disse o armador carioca. Wallyson fraturou o tornozelo ainda no primeiro turno e só volta ao time em 2012.

As tentativas
Sob o comando do técnico Vágner Mancini, o Cruzeiro já disputou seis partidas e marcou seis gols (média e um por partida). As seguintes duplas de ataque já foram testadas: Montillo e Farías; Keirrison e Farías; Keirrison e Wellington Paulista; e Anselmo Ramon e Farías.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e opine sobre a dupla de ataque ideal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.