Tamanho do texto

Vágner Mancini afirmou que atletas estrangeiros podem contagiar elenco com a tradicional raça em campo

O Cruzeiro tem quatro jogadores estrangeiros no elenco:os argentinos Farías e Montillo , o paraguaio Ortigoza e o uruguaio Victorino . E com a chegada do técnico Vágner Mancini esses jogadores ganharam espaço no elenco. Para o treinador, a tradicional raça dos jogadores latinos pode ser fundamental para ajudar o time na luta contra o rebaixamento.

Cruzeiro é o 15º colocado. Veja a classificação completa

Para Mancini, a raça dos estrangeiros pode contagiar os jogadores brasileiros. "Nesse momento que estamos tentando resgatar a autoestima e jogar bem, temos que tirar o máximo que podemos de uruguaios, argentinos e paraguaios. Normalmente atletas desses países encaram a situação de forma diferente. Brasileiro sempre foi técnico e eles mais aguerridos. Estamos tentando usar a força desses estrangeiros para os outros atletas entenderem que precisamos disso em campo", avaliou o treinador cruzeirense.

Veja também: Exames não apontam lesões, mas Fabrício e Roger são dúvidas

O treinador confirmou que Farías será mantido como titular no time na partida contra o Botafogo e elogiou muito o atleta. "Desde que cheguei tenho falado muito com ele (Farías). Quando o utilizei na minha estreia, ele me contou a história que foi afastado e que nunca deixou de treinar em alta intensidade. Nesse último jogo, por ser em casa, tínhamos esse espírito argentino e optamos por ele. Muita gente não entendeu, mas o que foi feito em campo mostrou que nossa opção foi a melhor. Ele se entrega muito. No intervalo, perguntei se poderia jogar em outra função, e ele disse que eu poderia usá-lo em qualquer função que eu quisesse. Um cara que está identificado com o momento do Cruzeiro. Não podemos abrir mão disso no momento", afirmou o treinador.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba notícias do seu time em tempo real

O comandante cruzeirense ressaltou a importância da vitória diante do Atlético-GO para devolver a confiança aos jogadores. "Felizmente começamos a semana diferente, com mais alegria e motivação. Nas outras semanas buscamos isso também. Mas nessa tivemos uma vitória suada, sofrida. Os atletas, assim como nós, estão felizes. Mas já passou e vivemos agora o jogo com o Botafogo. Todos centrados para o sábado pois será um jogo duro", concluiu Vágner Mancini.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a raça dos estrangeiros