Jogadores e treinador não gostaram nada do campo da Arena do Condá, local do jogo dessa quarta-feira

O Cruzeiro realizou na noite da última terça-feira treino de reconhecimento no gramado da Arena do Condá, em Chapecó, Santa Catarina. E o gramado não agradou em nada os jogadores e o técnico do time mineiro. Vágner Mancini chegou a dizer que é uma "brincadeira" a CBF aprovar partidas em estádios como o da Chapecoense.

Leia também: Cruzeiro encara a 'escola do Sul' contra a Chapecoense

O técnico Vágner Mancini não poupou palavras para criticar a Arena do Condá. "O campo é brincadeira. Eu não sei como a CBF permite que a gente jogue num campo desse. O estádio é bem acabado, a cidade é bonita, o povo veio ao treino incentivar, mas, infelizmente, a gente tem que falar mal do campo, que está muito distante daquilo que todos nós sabemos que é o ideal para uma partida de futebol", afirmou o treinador cruzeirense.

Mancini reclamou também da iluminação da Arena do Condá. "A iluminação também deixa um pouco a desejar, talvez esteja até um pouco desfocada. Mas nós vamos ter que passar por cima disso, do campo e da iluminação. A Copa do Brasil também oferece este tipo de risco e as equipes que querem chegar lá têm que passar por cima de tudo isso", destacou o técnico cruzeirense.

O meia Montillo , um dos jogadores que mais carrega a bola no time, disse que já encarou gramados semelhantes quando jogava no futebol chileno, pela Universidad do Chile. "É diferente o gramado, mas eu joguei no Chile e o gramado lá também não é bom. Então a gente está acostumado. Nos Estaduais, às vezes, a gente também tem que jogar em campos que não são bons. Eu acho que treinar aqui foi bom para vermos como está o campo", analisou o camisa 10.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente o gramado da Arena do Condá

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.