Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro reage e consegue empate diante do Atlético-MG

Depois de imprimir forte ritmo abrir 2 a 0, Atlético viu o Cruzeiro conseguir o empate no segundo, com dois gols de Anselmo Ramon

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

A torcida do Atlético-MG lotou o estádio e esperava uma resposta do time depois de levar 6 a 1 do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro passado. O início animador com o time em cima fazendo 2 a 0, gols de Danilinho e André, até deu esperança aos atleticanos de uma vingança próxima. Mas o Cruzeiro reagiu no segundo tempo, com dois gols de Anselmon Ramon e empatou a partida em 1 a 1.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Se o resultado tem gosto de derrota para o time alvinegro, pelo menos a equipe de Cuca depende apenas de suas forças para garantir a liderança na primeira fase do Estadual, basta empatar com o Tupi. Já o Cruzeiro vibrou bastante com o empate, mas precisa vencer o Uberaba na última rodada e torcer para que o Tupi supere o rival, em Juiz de Fora.

Mas antes da última rodada, ambos dão uma pausa no Estadual e se focam na Copa do Brasil. O Atlético-MG vai até Manaus jogar contra o Penarol, enquanto o Cruzeiro enfrenta a Chapecoense, de Santa Catarina. As duas partidas vão ser na quarta-feira, às 20h30 e às 22h, respectivamente.

O jogo
Como era de se esperar, os primeiros minutos do clássico mineiro ficaram marcados mais pela forte disputa de bola do que pela busca pelo gol. Clima quente em função de tudo o que aconteceu no último encontro entre Atlético-MG e Cruzeiro, no Campeonato Brasileiro do ano passado. Com três minutos o goleiro atleticano Renan Ribeiro e o atacante cruzeirense Wellington Paulista estavam amarelados.

Mostrando mais vontade e querendo dar uma resposta aos torcedores que lotaram a Arena do Jacaré, o Atlético-MG jogou praticamente todo o primeiro tempo no campo de ataque. A posse de bola depois de 45 minutos era 60% do time alvinegro. Foram 11 finalizações contra apenas duas do rival. O volume de jogo se traduziu em chances.

Aos 15 minutos Guilherme teve a primeira boa oportunidade, mas foi travado por Marcelo Oliveira na hora do chute. Mas aos 24 minutos o Atlético-MG saiu na frente. Danilinho apareceu sozinho dentro da área do Cruzeiro, depois de cruzamento de Richalyson, e marcou de cabeça. Danilinho também participou do segundo gol, ao cruzar para André, aos 38 minutos.

Depois de passar a semana pensando em abandonar o esquema com três atacantes, Vágner Mancini apostou na formação com Roger no meio para reagir. E deu certo. A postura do Cruzeiro foi totalmente diferente na segunda etapa, combinada com um pouco de apatia atleticana. O time de Cuca teve outra postura.

Roger entrou bem, mas aos nove minutos do segundo tempo se safou do cartão vermelho. O meia cruzeirense deu uma cotovelada em Danilinho, mas foi apenas amarelado pelo árbitro Renato Cardoso Conceição. Anselmo Ramon se tornou o grande nome do segundo tempo. Depois de conseguir perde um gol sem goleiro, foi dele os dois gols do empate cruzeirense.

Aos 14 minutos o camisa 11 do Cruzeiro aproveitou a saída errada de Renan Ribeiro e diminuiu a vantagem atleticana. Se no primeiro gol Anselmo Ramon mostrou oportunismo e sorte, no segundo ele mostrou categoria e bateu no canto direito, sem chances para o goleiro, aos 35 minutos. Quando a partida estava 2 a 1 o Atlético-MG ainda teve a chance de marcar, mas Guilherme isolou depois de pegar o rebote da bola chutada na trave por Fillipe Soutto.

Pierre ainda foi expulso aos 37 minutos, mas Cuca fechou o time com a entrada de Luiz Eduardo e conseguiu segurar o empate, frustrando os planos de vingança do time atleticano.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG 2 x 2 CRUZEIRO
Local: Arena do Jacaré (MG)
Data: 8 de abril de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Renda: R$ 325.240,00
Público: 17.724 pagantes
Árbitro: Renato Cardoso Conceição
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Marconi Helbert Vieira
Cartões amarelos: Renan Ribeiro, André, Danilinho, Marcos Rocha e Luiz Eduardo (CAM);Wellington Paulista, Montillo, Léo, Roger, Anselmo Ramon e Leandro Guerreiro (CRU)
Cartão vermelho: Pierre (CAM)

Gols:
ATLÉTICO-MG: Danilinho, aos 24, André, aos 38 minutos do primeiro tempo;
CRUZEIRO: Anselmo Ramon, aos 14 e aos 35 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Richarlyson; Pierre, Fillipe Soutto, Danilinho e Bernard (Neto Berola); André (Mancini) e Guilherme (Luiz Eduardo).
Técnico: Cuca.

CRUZEIRO: Fábio, Marcos (Everton), Léo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira e Montillo; Wallyson (Roger), Wellington Paulista (Walter) e Anselmo Ramon.
Técnico: Vágner Mancini. 

Leia tudo sobre: atlético-mgcruzeirocampeonato mineiro 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG