Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro reabre negociações com Rafael Moura

Atacante teria declarado que está disposto a reduzir a primeira pedida salarial feita ao clube mineiro

Gazeta |

O primeiro reforço do Cruzeiro para a próxima temporada pode ser o atacante Rafael Moura, que defendeu o Goiás no último Brasileirão. Depois do susto inicial, com a proposta feita pelo procurador do jogador, o acerto entre o atleta e a diretoria do Cruzeiro pode estar perto de acontecer.

Rafael Moura vem dando declarações nos últimos dias em Belo Horizonte, afirmando que estaria disposto a reduzir a primeira pedida salarial feita ao Cruzeiro. Dessa forma, a direção do Cruzeiro voltou a procurar o jogador na última sexta-feira e reabriu as negociações.

O presidente da equipe celeste, Zezé Perrela, está confiante e acredita que a contratação do jogador seja concretizada no início da semana. "Estamos acertando com o Rafael Moura, devemos fechar a operação esta semana ainda", revelou Perrela em declaração dada à Rádio Globo.

Já o representante do atleta, Carlinhos Sabiá, confirmou o encontro com a cúpula celeste, mas revelou que a negociação depende de um entendimento entre os detentores dos direitos econômicos de Rafael Moura.

"Na última sexta-feira tive um encontro com o Dimas Fonseca e o Valdir Barbosa e foi apresentada uma contraproposta por parte do Cruzeiro. As negociações continuam e vamos ver o que irá acontecer nesta semana. Já falei várias vezes que essa não é uma negociação fácil e não depende do acerto só do Rafael Moura. Mas foi dado um outro passo com essa proposta", afirmou.

Os direitos econômicos do atacante pertencem 20% ao próprio jogador, um grupo de empresários paranaenses detêm 40%, e o restante é de propriedade de investidores europeus. Já os direitos federativos são do Locarno, clube suíço.

A chegada de Rafael Moura seria uma opção caso o acerto com Kléber, do Palmeiras, não aconteça. O técnico da equipe do Parque Antártica, Felipão, vetou a saída do gladiador, o que pode complicar a transação.

Leia tudo sobre: Rafael MouraCruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG