Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro quer vetar juiz que apitou clássico contra o Atlético-MG

Cleisson Veloso Pereira teria prejudicado o time em pelos menos dois lances considerados fundamentais

Gazeta |

O diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca, revelou nesta segunda-feira, que o Cruzeiro vai vetar a escalação do árbitro Cleisson Veloso Pereira, que apitou o clássico do último sábado, contra o Atlético-MG. Segundo o dirigente celeste, a equipe de Cuca foi prejudicada em pelos menos dois lances considerados fundamentais.

"Vou estar na Federação Mineira de Futebol (FMF) levando um documento por escrito, com cópias dos lances que sentimos prejudicados, que foram lances capitais no jogo. Estou apresentado um documento impugnando a participação do árbitro Cleisson Veloso Pereira, não somente na categoria de profissionais, mas em qualquer categoria do infantil até o profissional", afirmou o dirigente.

Dimas Fonseca chamou atenção para o pênalti duvidoso marcado pelo juiz do clássico, que originou o primeiro gol do Atlético-MG, quando o Cruzeiro vencia a partida por 1 a 0. Segundo o cartola, o árbitro repreendeu os atletas antes de autorizar a cobrança de escanteio para o adversário, que antecedeu a suposta infração. Por este motivo, o Cruzeiro entende que Cleisson Veloso Pereira não tem condições de apitar os jogos do clube.

 

"A partir de hoje não admitimos mais que ele apite nossos jogos. O Cruzeiro vem há muito tempo prestigiando a arbitragem mineira, nós fizemos um acordo no arbitral onde somente na partida final, para preservar a arbitragem, o arbitro seria de fora. A gente fica magoado, fica sentido. Sofremos um resultado em dois erros do arbitro que ficou claro para todo mundo e o Cruzeiro não vai admitir", finalizou.

 

 

 

Leia tudo sobre: campeonato mineiro 2011cruzeiroatlético-mg

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG