Tamanho do texto

"Quem ri por último ri melhor", disse o polêmico volante Fabrício ainda no gramado da Arena do Jacaré

Depois da suada vitória, conquistada no segundo tempo do clássico da grande decisão, os jogadores do Cruzeiro não se esqueceram de alfinetar o Atlético-MG . Mais ponderado, o técnico Cuca fez questão de ressaltar o bom trabalho do rival.

Wallyson, que abriu o caminho para a vitória com um golaço na segunda etapa, provocou o meia-atacante, Mancini, do Atlético-MG. “O Mancini falou muita besteira e esse título é para ele respeitar o Cruzeiro, que é muito grande”, disse o atacante cruzeirense.

Sempre polêmico, o volante Fabrício também alfinetou o rival. “Teve muita polêmica na semana, muitas críticas a mim. Mas quem ri por último ri melhor”, disse Fabrício.

Já o zagueiro Léo lembrou que os atleticanos estavam cantando vitória antes da hora. “No lado de lá, já estavam comemorando durante a semana. Mas pudemos fazer um grande jogo e conquistar esse título”, disse Léo.

Cuca acredita que o título fica ainda mais valorizado pelo belo trabalho de Dorival Júnior à frente do maior rival. “Temos que ressaltar que eles (Atlético-MG) fizeram um grande jogo e valorizaram ainda mais a nossa conquista. Queríamos estar na Libertadores, mas não deu. Merecíamos ganhar”, disse o treinador cruzeirense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.