Time celeste não perde para o rival desde 2002, mas acredita que o adversário vive momento de ascensão

O Cruzeiro defende um longo tabu contra o América-MG, no próximo domingo, pelo Estadual. O time mineiro não perde um clássico para o rival desde 2002 (dez jogos). Mas o atual momento do time alviverde intimida, já que voltou à primeira divisão do Campeonato Brasileiro e faz boa campanha no Campeonato Mineiro.

Experiente em clássicos, Gilberto acredita que América-MG vive melhor momento dos últimos tempos
Vipcomm
Experiente em clássicos, Gilberto acredita que América-MG vive melhor momento dos últimos tempos
A última vitória do América-MG em cima do Cruzeiro foi pelo Supercampeonato Mineiro, em 2002, por 1 a 0. De lá para cá, foram dez jogos, com quatro empates e seis vitórias cruzeirenses. O atacante Wellington Paulista prefere esquecer o tabu.

“Tabu é muito complicado, esperamos conseguir vencer esse jogo também e manter esse tabu e aumentar a margem de vitórias sobre eles (América-MG), para que possamos estar sempre na frente deles e classificar em primeiro lugar. O mais importante é vencer, não pensar nesse tabu, porque eles vão querer quebrar e se aproximar da gente, temos que vencer e conquistar os três pontos”, disse o centroavante.

O meia Gilberto sabe bem o que é enfrentar o rival, já que passou pelo Cruzeiro em 1998 e voltou em 2009. O jogador acredita que esse é o melhor momento do rival nos últimos tempos.

“Acho que esse é o melhor momento deles nos últimos tempos. Estão a três anos subindo. Subiram na Série C, na Série B e agora estão bem no Mineiro. Sem dúvida nenhuma vive uma grande fase, treinador está conseguindo fazer um grupo forte. Vamos encontrar dificuldades, mas sabemos que temos que vencer o jogo”, disse Gilberto.

O volante Leandro Guerreiro elogiou muito o América-MG, time que já enfrentou quando defendia o Criciúma-SC. ”América sempre foi um time grande, disputou títulos. Time de excelência no Brasil. Teve uma baixa muito grande recentemente. Mas voltou agora. Em 2006, eu enfrentei o América na Série C, pelo Criciúma. Foi um jogo difícil aqui e perdemos. Independentemente da situação deles, é complicado”, disse o volante.

O lateral Pablo concorda com Gilberto. “Subiram no ano passado, fizeram ótima campanha. Vamos encontrar um time difícil, complicado de ser batido. Temos que ter atenção o tempo todo para não sermos surpreendidos”, concluiu Pablo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.