Após jogadores divulgarem cartas, uma operação bancária permitiu aos jogadores mais valorizados receberem

Depois das polêmicas declarações do presidente Gilvan de Pinho Tavares, que ironizou ao comentar os salários atrasados no Cruzeiro, e da carta divulgada pelos atletas em repúdio ao mandatário , os vencimentos do elenco celeste foram quitados. De acordo com a assessoria de imprensa do Cruzeiro , o dinheiro já está disponível na conta dos jogadores.

Leia também: Por carta, jogadores do Cruzeiro criticam presidente por salários

Ainda segundo informações da assessoria, os funcionários e os atletas que possuem salários menores já haviam recebido, e uma operação bancária ajudou os mineiros a levantar o dinheiro para pagar os jogadores mais valorizados do clube, casos, por exemplo, do goleiro Fábio e do atacante Wellington Paulista , responsáveis pela carta entregue a imprensa, reclamando das atitudes do presidente.

Para o técnico Vágner Mancini , o clima conturbado no Cruzeiro não vai atrapalhar os preparativos da semana de estreia do time no Campeonato Mineiro , marcada para o próximo domingo, contra o Guarani, de Divinópolis. Segundo ele, o foco tem que estar na partida do final de semana e não fora de campo.

E ainda: No meio da turbulência, Mancini não fala sobre salários atrasados

"É uma semana de estreia, espero que todos estejam sintonizados e saibam que o objetivo é vencer domingo. Eu não vou entrar nesse assunto porque senão vamos dar margem para muita especulação. Precisamos de uma semana direcionada para o jogo de domingo", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.