Meia está com mais de uma lesão, mas o time mineiro ainda tem grande esperança de poder vê-lo em campo

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860386725&_c_=MiGComponente_C

O Cruzeiro iniciou nesta terça-feira a preparação para a partida contra o Vasco, marcada para o próximo domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A principal preocupação da comissão técnica é a situação do meia argentino Montillo, que sofre com problemas físicos e está entregue ao departamento médico. A esperança em contar com o camisa 10 é grande, apesar dos traumas múltiplos sofridos.

"Nós podemos usar o termo politraumatizado para o Montillo. Depois de sucessivos traumas, o Montillo apresenta uma fratura incompleta no osso rádio do punho esquerdo, sem desvio. Ele apresenta também no tornozelo esquerdo uma entorse com certa gravidade, de grau dois, com um edema excessivo, hematoma e dor", enumerou o médico Otacílio da Matta, ao site oficial da Raposa.

Parte dos problemas foram intensificados durante a derrota por 1 a 0 para o Corinthians no domingo, no Pacaembu - a violência sobre o camisa 10 foi um dos fatores reclamados pelos cruzeirenses contra a arbitragem de Sandro Meira Ricci. O que faz Cuca e sua comissão técnica terem esperanças é o histórico de rápidas recuperações que o jogador argentino possui.

"Montillo é um atleta que responde bem ao tratamento, então a gente está com esperança de colocá-lo em condição de jogo e só esses dias que virão pela frente é que irão mostrar se ele vai ter condição", afirmou Da Matta. A partida contra o Vasco está marcada para as 19h30 (de Brasília) do domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. A Raposa é terceiro colocada, com 60 pontos, três atrás do líder Corinthians.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.