Time celeste vai decidir o Campeonato Mineiro com o maior rival, o Atlético, mas antes tem Libertadores

Depois de golear por 8 a 1 na primeira partida da semifinal do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro não teve problemas para vencer o América, de Teófilo Otoni, mais uma vez por goleada. No jogo de volta, na Arena do Jacaré, o time celeste venceu por 5 a 1, com dois gols do zagueiro Edcarlos, um do meia Pedro Ken, outro de Dudu e o último de Farías. Rodrigo Sena descontou para o time visitante.

Mas antes de pensar na final do estadual, contra o Atlético-MG, o Cruzeiro tem outra decisão pela frente. Nesta quarta-feira o time celeste recebe o Once Caldas, da Colômbia, no jogo de volta das oitavas-de-final da Copa Libertadores. Na primeira partida, na semana passada, o Cruzeiro venceu por 2 a 1.

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol sobre o América-TO. Vitória e vaga na final
Vipcomm
Jogadores do Cruzeiro comemoram gol sobre o América-TO. Vitória e vaga na final
O jogo
Clima quente, classificação encaminhada e estádio vazio, Cruzeiro e América-TO era praticamente uma partida para cumprir tabela. O jogo começou num ritmo lento, a primeira boa chegada foi somente aos dez minutos, quando Dudu chutou de fora da área. E assim seguia a partida, em marcha lenta e apenas com o Cruzeiro no ataque. O time de Cuca ainda teve boas chances com Farías e Ortigoza, mas ambos chutaram para fora.

Apesar de não pressionar, o Cruzeiro seguia no ataque e chegou ao primeiro gol com Edcarlos. O zagueiro aproveitou uma bola mal cortada pela defesa do América-TO e marcou o primeiro gol da tarde, aos 17 minutos. Logo em seguida foi a vez de Pedro Ken ampliar o marcador, de cabeça. E menos de dez minutos depois do primeiro gol do jogo, já saiu o terceiro. Rodrigo Sena se antecipou ao goleiro Rafael e diminuiu a vantagem cruzeirense.

null

Sem muita chance de se classificar, sobrava ao América-TO lutar pelo empate para terminar a competição em terceiro lugar. Já o Cruzeiro testava os reservas e dava ritmo de jogo aos jogadores que não estão atuando com frequência. Depois dos três gols, mais um longo tempo sem criatividade das equipes, até que o lateral-esquerdo Bruno Barros arriscou de fora da área, mas mandou por cima do gol de Rafael.

O segundo tempo começou movimentado e Edcarlos marcou um golaço com apenas três minutos. O zagueiro completou de voleio um cruzamento de Roger. A bola ainda bateu na trave antes de entrar. A situação para o Cruzeiro ficou ainda mais fácil dois minutos depois, com a expulsão do lateral Bruno Barros.

A partir de então o Cruzeiro abusou de errar gols. O time celeste tabelava bem, entrava na área com facilidade, mas pecava na hora da conclusão. Tanto que a equipe cruzeirense demorou mais de 20 minutos com um jogador a mais em campo para chegar ao quarto gol. Depois de uma tabela que passou nos pés de pelo menos seis jogadores, o meia Dudu ficou sozinho dentro da pequena área, com o goleiro Eládio já batido, para fazer o gol.

Com a goleada confirmada, o técnico Cuca parecia querer mais. Ele sacou o meia Pedro Ken e colocou o atacante André Dias, além de colocar Gilberto no lugar de Roger. O Cruzeiro continuou em cima do América-TO e continuou perdendo gols aos montes. Gilberto acertou a trave e o argentino Farías fechou a goleada no último lance da partida, já perto dos 45 minutos do segundo tempo.

Mas assim terminou a semifinal entre Cruzeiro e América-TO, com duas goleadas da equipe da capital, que volta à final do Mineiro depois de um ano fora, por conta de planejamento errado e eliminação para o Ipatinga. A lição de 2010 foi aprendida e com sobras.

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO 5 X 1 AMÉRICA-TO

Local : Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG
Data: 1º de maio de 2011, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Renda: R$ 35.439,43
Público : 4.037 pagantes
Árbitro : Cláudio Luciano Mercante Júnior (CBF/PE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (CBF/SE) e Fábio Pereira (CBF/TO)
Cartões Amarelos: Marquinhos Paraná, Dudu e Everton (CRU); Cássio (AME)
Cartão Vermelho : Bruno Barros (AME)

GOLS:
CRUZEIRO: Edcarlos, aos 17 e Pedro Ken, aos 21 minutos do segundo tempo; Edcarlos, aos 3, Dudu, aos 27 e Farías, aos 44 minutos do segundo tempo
AMÉRICA-TO: Rodrigo Sena, aos 24 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Rafael; Diego Renan, Léo, Edcarlos e Everton; Marquinhos Paraná (Leandro Guerreiro), Pedro Ken (André Dias), Dudu e Roger (Gilberto); Farías e OrtigozaTécnico: Cuca
AMÉRICA-TO: Fábio Noronha (Eládio); Osvaldir, Rodrigo Sena, Júnior Pereira e Bruno Barros; Araújo, Cássio (Henrique), Luizinho e Wellington Bruno; Chrys e Leandrinho (Flavinho) Técnico: Estevam Soares

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.