Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro goleia a Caldense fora de casa e segue na cola do líder

Clube celeste não tomou conhecimento do rival, que tinha 100% de aproveitamento em seu estádio

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Cruzeiro atropelou a Caldense em Poços de Caldas na noite desse domingo. A equipe celeste goleou os donos da casa por 5 x 0, com gols de Wellington Paulista, Victorino, Anselmo Ramon (duas vezes) e Wallyson. O resultado mantém o time azul na cola do Atlético-MG, líder do Campeonato Mineiro.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

O argentino Montillo, mesmo não tendo marcado nenhuma vez contra a Caldense, justificou o novo contrato e deu três assistências decisivas na partida, que terminaram em gols. "Não existe uma responsabilidade maior por ter assinado um contrato novo. Sempre que eu entro em campo busco ajudar o Cruzeiro a sair com vitórias", explicou o argentino.

Leia também: Atlético-MG vira sobre o Villa Nova em cinco minutos

O jogo começou com o Cruzeiro estudando a Caldense, que dava trabalho com o veloz Luisinho no ataque. Se as chances de gol não eram muitas, o time celeste apelou para o talento do argentino Montillo.

Divulgação
Cruzeiro quebrou a invencibilidade da Caldense em seu estádio

Em dois lances de muita visão de jogo, o camisa 10 começou as jogadas que terminaram nos gols cruzeirenses no primeiro tempo. Depois de falta na intermediária, o argentino cobrou rápido e e encontrou Wellington Paulista sozinho na área. O atacante foi derrubado pelo goleiro Glaysson e a penalidade foi assinalada. O mesmo Wellington Paulista cobrou no meio do gol para abrir o placar.

A parada ficou mais fácil para o Cruzeiro quando o atacante Max, da Caldense, perdeu a cabeça e levou dois amarelos em menos de dois minutos.

Com um a mais em campo, o Cruzeiro passou a atacar mais e Montillo apareceu novamente. Enfiou bola com precisão para o lateral Marcos, que cruzou para o zagueiro Victorino balançar as redes. Foi o primeiro gol do uruguaio no time mineiro em mais de um ano na Toca da Raposa II.

O segundo tempo começou com o Cruzeiro mostrando sua superioridade. O atacante Wellington Paulista deu grande assistência por cobertura e Anselmo Ramon marcou um golaço de voleio. E Montillo seguia impossível. O argentino fez grande jogada pela ponta esquerda e cruzou para Wallyson completar de cabeça.

O quinto gol surgiu em boa jogada de Amaral pela direita. O volante cruzou com consciência e Anselmo Ramon não perdoou, também em cabeçada.
 

FICHA TÉCNICA- CALDENSE 0X5 CRUZEIRO
Local: Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)
Data: 18 de março de 2012, no domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (FMF)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Pablo Almeida Costa
Cartões amarelos: Glaysson, Felipe, Vinicius, Félix, Leandrão, Thiago Fernandes e Max (CAL); Diego Renan (CRU)
Cartão vermelho: Max (CAL)
Renda: Não divulgada
Público: Não divulgado

Gols:
CRUZEIRO: Wellington Paulista, aos 20 minutos do primeiro tempo; Victorino, aos 38 minutos do primeiro tempo; Anselmo Ramon, aos 2 e aos 27 minutos do segundo tempo; Wallyson, aos 14 minutos do segundo tempo

CALDENSE: Glaysson, Rodrigo Dias (Felipe), Leandrão, Vinicius e Thiago Fernandes; Mário, Maxsuel (Jardel), Serginho e Fábio Neves (Félix); Max e Luisinho
Técnico: Ademir Fonseca

CRUZEIRO: Fábio; Marcos, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan (Elber); Leandro Guerreiro (Amaral), Marcelo Oliveira (Everton) e Montillo; Anselmo Ramon, Wellington Paulista e Wallyson
Técnico: Vágner Mancini

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a goleada em Poços de Caldas

 

Leia tudo sobre: CruzeiroCaldenseCampeonato Mineiro 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG