milagre de rebaixados - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro enfrenta garotos do Palmeiras e espera milagre de rebaixados

Equipe mineira precisa vencer e torcer por tropeços de Corinthians e Fluminense contra Goiás e Guarani, respectivamente

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854617391&_c_=MiGComponente_C

Terceiro colocado da classificação do Brasileirão, o Cruzeiro tem a missão mais complicada em busca do título. O principal desafio não é vencer o combalido Palmeiras, que irá entrar em campo neste domingo, às 17 horas, na Arena do Jacaré (em Sete Lagoas), com uma formação mista entre reservas e garotos da base. A grande angústia do torcedor mineiro está na necessidade de contar com tropeços - no mínimo empates - do líder Fluminense e do segundo colocado Corinthians.

Os dois ponteiros do Campeonato Brasileiro vão enfrentar rivais que foram uma verdadeira decepção no torneio. Em casa, o Fluminense desafia o Guarani, enquanto o Corinthians vai entrar em campo no Serra Dourada diante dos reservas do Goiás, o surpreendente finalista da Copa Sul-americana.

"É uma situação complicada, nossos adversários vão enfrentar rivais rebaixados para a segunda divisão. Temos de nos apegar que no futebol tudo pode acontecer", afirma o meia Montillo, o maestro do setor de criação da Raposa.

Em busca da missão quase impossível, o Cruzeiro ganhou uma motivação durante a semana. O departamento jurídico do clube assegurou a presença do técnico Cuca no banco de reservas do jogo contra o Palmeiras, pois obteve o efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O comandante cumpria um gancho pela exclusão contra o Corinthians.

"Pensamos no Cuca como um companheiro dos atletas dentro de campo. Ele é um técnico que dá muita atenção, corrige o posicionamento dos jogadores, ficamos felizes com a sua volta", exalta o goleiro Fábio.

Na escalação, o Cruzeiro amarga alguns problemas. O meia Gilberto volta após suspensão, mas ainda não tem retorno totalmente garantido. Ele poderia entrar na lateral esquerda ou no meio-campo, na vaga de Roger. Na lateral direita, Rômulo assume o lugar de Jonathan, que levou o terceiro amarelo. Para completar, o volante Fabrício, vítima de dores abdominais, acabou vetado pelos médicos.

Do lado do Palmeiras, que encerra mais uma temporada catastrófica, o confronto em Sete Lagoas tem valor para os atletas convencerem Felipão de que podem continuar no grupo. Os jovens das categorias de base são os mais empolgados com a oportunidade.

"Nós já somos profissionais e precisamos estar preparados para dar conta do recado nesta partida. Futebol é pressão sempre e vamos tentar nos acostumar desde já", comenta o volante Fernando, de apenas 19 anos, considerado uma das pérolas do Alviverde.

A garotada palmeirense terá o alicerce de alguns atletas mais rodados, que chegaram a ser utilizados entre os titulares no segundo semestre, como são os casos do zagueiro Fabrício, do lateral direito Vitor e do meio-campista Rivaldo.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO x PALMEIRAS


Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data: 5 de dezembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: João Antônio Souza Paulo Neto (DF) e Kleber Lúcio Gil (SC)

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo, Gil, Leo e Diego Renan; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger (Gilberto) e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista
Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Bruno; Gualberto, Leandro Amaro e Fabrício; Vitor, Fernando, Bruno Turco, Patrik e Rivaldo; Vinícius e Dinei
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocruzeiropalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG