Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro encara Tolima pela classificação e "calmaria" no Grupo 7

Vitória deixa o time mineiro praticamente classificado e tranqüilo para os dois jogos que restam na chave

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Cruzeiro pode dar um passo significativo rumo à classificação para a próxima fase da Copa Libertadores, hoje, às 21h50, na Arena do Jacaré. Depois do empate sem gols na Colômbia, o time enfrenta novamente o Deportes Tolima e, caso vença, abre seis pontos de vantagem sobre os colombianos. Com o bom saldo de gols conquistado nas duas primeiras rodadas, as oitavas de final ficariam bem próximas do time mineiro.

O técnico Cuca manda a campo a mesma formação que encantou toda a América do Sul na estreia contra o Estudiantes, da Argentina, quando o time venceu por 5 a 0. "Vai o mesmo time da estreia. Uma pressão normal, um jogo de caráter decisivo. Grupo sabe da responsabilidade que temos na partida e na competição. Essa partida pode nos classificar. Eles têm jogado bem fora de casa, como foi contra Corinthians e Estudiantes", ressaltou o treinador, que confirmou os retornos de Gilberto e Wellington Paulista ao time. O camisa 9 havia sido afastado para recuperar a boa forma física.

Cuca espera muitas dificuldades e acredita que nova goleada será algo complicado de acontecer. "Respeitamos muito o Tolima e não pensamos em score. Se vencermos de meio a zero está ótimo", disse o treinador.

A partida foi encarada como uma verdadeira final pelos cruzeirenses ao longo da semana. O argentino Montillo sabe da importância de se vencer em casa, já que os dois últimos jogos do time na chave serão fora de casa. Primeiro enfrenta o Guaraní, no Paraguai, e depois encerra a participação contra o Estudiantes, em jogo complicado na Argentina.

“Muito importante ganhar quarta-feira, já que temos a liderança do nosso grupo. Assim vamos conseguir os nove pontos em casa para ir tranqüilo ao Paraguai e Argentina. Temos que respeitar o Tolima, um time que tem bons jogadores”, disse Montillo, que atuará ao lado de Roger na armação das jogadas. O camisa 10 está de volta ao time depois de ser poupado do duelo contra o Democrata-GV, pelo Campeonato Mineiro, pois sentia dores no joelho esquerdo.

Vipcomm
Montillo foi poupado do último duelo no Estadual mas volta ao time na Libertadores

A maior esperança de gols do Cruzeiro na partida é o jovem atacante Wallyson, que já marcou quatro vezes na Libertadores. O jogador encontrou muitas dificuldades no duelo da Colômbia, com forte marcação e um gramado ruim. Jogando na Arena do Jacaré, espera que possa voltar a desempenhar o bom futebol que chamou a atenção de todos. “Contra eles lá, o campo era ruim, muita lama e isso atrapalhou. Em casa, gramado melhor, fica mais fácil fazer a jogada”, disse o atacante Wallyson.

O volante Marquinhos Paraná sabe que as dificuldades na Libertadores serão muito maiores do que as enfrentadas no último jogo, quando o Cruzeiro goleou por 7 a 0 no Estadual. “Jogo de quarta-feira vai ser bem mais complicado que o de domingo (passado). Encontramos muitas dificuldades na Colômbia, mas esperamos sair com a vitória em casa”, disse o volante Marquinhos Paraná.

O adversário
O Tolima chegou a Belo Horizonte com apenas 16 jogadores em sua delegação, para economizar na viagem. O time colombiano treinou na Cidade do Galo e integrantes da comissão técnica completaram os times nos coletivos. Os jogadores conheceram as instalações do maior rival do Cruzeiro e tiraram muitas fotos. O técnico Hernán Torres não poderá contar com o zagueiro Yair Arrechea, que sofreu uma lesão muscular e sequer veio ao Brasil.

Os colombianos não enfrentam um bom momento. Acumulam três derrotas consecutivas: são dois tropeços no Campeonato Colombianos e um pela Copa da Colômbia.
 

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO x DEPORTES TOLIMA (COL)
Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 16 de março de 2011 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (Fifa-EQU)
Assistentes: Juan Cedeño e Marco Muzo, ambos do Equador

CRUZEIRO: Fábio; Pablo, Gil, Victorino e Gilberto; Marquinhos Paraná, Henrique, Roger e Montillo; Wallyson e Wellington Paulista
Técnico: Cuca

TOLIMA: Anthony Silva; Gerardo Vallejo, Wilmer Lucumi (Martínez), Julián Hurtado e Félix Noguera; Cristian Marrugo, Diego Chara, Gustavo Bolívar e Elkin Murillo; Danny Santoya e Wilder Medina
Técnico: Hernán Torres
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCopa Libertadores 2011Tolima

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG