Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro é absolvido por pedrada no ônibus do Atlético-MG

Torcedores cruzeirenses ainda atiraram um celular no gramado no clássico de torcida única em Sete Lagoas

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Cruzeiro teve uma boa notícia antes do confronto contra o Deportes Tolima pela Copa Libertadores. O time mineiro foi absolvido pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD/MG) em julgamento na noite dessa terça-feira por conta dos incidentes no clássico contra o Atlético-MG, de torcida única, em Sete Lagoas, pelo Campeonato Mineiro.

O time foi denunciado em dois artigos, mas acabou absolvido por unanimidade. Uma denúncia era relativa a um celular que foi atirado pelos torcedores no gramado da Arena do Jacaré. A outra se deu por conta da pedra atirada ao ônibus do Atlético, que teve um de seus vidros quebrados. Ninguém se feriu no incidente.

O Cruzeiro foi julgado por infração aos artigos 211 (deixar de manter o local que tenha indicado para realização do evento com infra-estrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização) e 213, incisos I e III (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto e lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo), ambos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Caso condenado, o time poderia ter que pagar uma multa de até R$100 mil e também perder o mando de campo em Sete Lagoas

O primeiro clássico do ano terminou 4 a 3 para o Atlético-MG. As duas equipes podem voltar a se encontrar na semifinal ou na grande final do Campeonato Mineiro caso se classifiquem entre os quatro melhores da primeira fase.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG