Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro busca liderança contra São Paulo, que quer seguir vivo

Duelo desta quarta-feira é encarado como decisão pelos mineiros na luta pelo título e pelos paulistas para se manterem na luta por uma vaga na Libertadores

Levi Guimarães, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861762327&_c_=MiGComponente_C

Assim como aconteceu no primeiro semestre, Cruzeiro e São Paulo se enfrentam em uma decisão. Antes da Copa do Mundo, foram os jogos pelas quartas-de-final da Copa Libertadores, que terminaram com a classificação da equipe paulista. Agora, o campeonato é por pontos corridos. Mas, ainda assim, o resultado do confronto deve ser decisivo para os objetivos dos dois times no Brasileirão.

Vice-líder com os mesmos 57 pontos do Fluminense, o Cruzeiro está atrás por conta da diferença de sete gols no saldo. Com os cariocas enfrentando o Internacional em Porto Alegre, esta pode ser a grande oportunidade para se isolar na ponta. Já o São Paulo está dez pontos atrás dos dois líderes e sete atrás do Corinthians, último time que hoje garantiria vaga na Libertadores de 2011. Por isso, qualquer tropeço pode acabar com as pretensões do time na temporada.

Creio que a frase correta não seja obrigação de resultado. Mas nós temos que buscar a vitória para continuarmos vivos. Vai ser um jogo aberto. O time deles é muito rápido, de qualidade muito grande. Vai ser um ótimo jogo, afirmou o atacante Dagoberto.

"Qualquer vitória é importante para nós. Nesta reta final, não temos que escolher os times para ganhar, e sim vencer todos os jogos que forem disputados em casa. Assim, teremos muitas possibilidades de título", disse o Robert ao site oficial do Cruzeiro.

Este será o quarto confronto do ano entre Cruzeiro e São Paulo. Além das duas vitórias por 2 a 0 dos paulistas pela Libertadores, houve um empate por 2 a 2, no Morumbi, na partida válida pelo primeiro turno do Brasileirão. Já o último confronto entre Cuca e Carpegiani aconteceu mais recentemente, há um mês, quando o atual são-paulino ainda dirigia o Atlético-PR. Mas antes do novo encontro, os dois treinadores afirmaram preferir ignorar o retrospecto.

"É outro time, uma característica diferente. O Atlético-PR tem um time bem defensivo, que defendeu e acabou empatando. Já o São Paulo não tem essa característica. Tem tudo para ser um jogão", disse Cuca.

É outro jogo. O Cruzeiro não estava nessa posição que está hoje. Foi uma partida muito difícil, o Cruzeiro teve oportunidades, nós também. E não vai ser diferente. Independente de o São Paulo ter um pouco mais de qualidade, técnica [que o Atlético-PR], vai ser um jogo muito difícil, afirmou Carpegiani.

Em relação às escalações, ainda restam dúvidas nas duas equipes. No Cruzeiro, a principal novidade é a volta do lateral-esquerdo Diego Renan. Na direita, contudo, Cuca ainda não definiu se começará o jogo com Rômulo ou Jonathan.

Já no São Paulo, Carpegiani deixou em aberto a escalação de Carlinhos Paraíba ou Cleber Santana ao lado de Rodrigo Souto no setor de marcação do meio de campo. No ataque, sem poder contar com Fernandinho, o treinador escalou Fernandão ao lado de Lucas, Dagoberto e Ricardo Oliveira.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X SÃO PAULO


Local: estádio João Havelange (Parque do Sabiá), em Uberlândia (MG)
Data: 03 de novembro de 2010 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Nelson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)

Cruzeiro: Fábio; Rômulo (Jonathan), Léo, Edcarlos e Diego Renan; Fabrício, Henrique, Gilberto e Montillo; Thiago Ribeiro e Robert
Técnico: Cuca

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba (Cleber Santana), Lucas e Fernandão; Dagoberto e Ricardo Oliveira
Técnico: Paulo César Carpegiani

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocruzeirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG