Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cruzeiro atropela mais um em casa e segue 100% em seus domínios

Time mineiro está virtualmente classificado e agora luta pela liderança da chave nos dois últimos jogos

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Quem manda na Arena do Jacaré na Copa Libertadores até aqui é o Cruzeiro. O time mineiro bateu nessa quarta-feira o Deportes Tolima, da Colômbia, por 6 a 1, e segue com 100% de aproveitamento em Sete Lagoas. Foi a terceira goleada do time mineiro jogando em seus domínios. Roger, duas vezes, Montillo, Gilberto, Wallyson e Thiago Ribeiro anotaram para o Cruzeiro. 

O resultado praticamente garante os mineiros nas oitavas de final, já que o time abre seis pontos sobre o próprio Tolima, faltando duas rodadas no Grupo 7. O time azul já acumula 14 gols de saldo no torneio.

Logo que entrou no gramado para se aquecer, o goleiro Fábio foi ovacionado pela torcida, que gritou “Fábio, seleção!”, já que o treinador da seleção brasileira assistia ao jogo em uma cabine na Arena do Jacaré. E Mano Menezes deve ter ficado com vontade mesmo de convocar o argentino Montillo. O camisa 10 recebeu na entrada da área, driblou um adversário e soltou uma bomba de perna esquerda para abrir o placar, logo aos 3 minutos.

Na comemoração, o argentino fez questão de mostrar uma proteção que usava no joelho esquerdo, que o tirou do último jogo pelo Campeonato Mineiro. Quem pensava que o gol intimidaria o Tolima se enganou. A equipe colombiana mostrou bom toque de bola e assustou em um chute de Castillo, que parou nas luvas de Fábio.

Mas Wallyson mostrou que se sente mesmo em casa na Arena do Jacaré. O artilheiro do Cruzeiro na Libertadores aproveitou uma bobeira da zaga do Tolima e ainda driblou o goleiro para fazer o segundo com estilo. Foi o quinto gol do atacante no torneio continental.

O clima esquentou depois que Montillo deu uma linda “caneta” em Marrugo. O colombiano ficou desnorteado e partiu para a violência, levantando o argentino. Os companheiros de Montillo partiram para cima do rival, tirando satisfações pela forte entrada.

Com a bola rolando, o Tolima quase descontou depois de penetrar com velocidade pelo lado esquerdo e chutou cruzado, levando perigo para a meta cruzeirense. Em uma cobrança de escanteio, os colombianos tiveram nova chance, mas a pontaria falhou novamente.

O segundo tempo começou com chuva em Sete Lagoas, deixando o gramado mais pesado e as entradas mais ríspidas. Mas a água não esfriou os ânimos celestes. Montillo lançou Wallyson pela ponta direita. O veloz atacante cruzou para Roger. Com a habitual categoria, o armador tirou um defensor e bateu sem chances para Anthony Silva. O meia homenageou sua mãe na comemoração, lembrando o tiro que ela levou no braço em um assalto no Rio de Janeiro.

Marrugo ainda tentou atrapalhar a festa cruzeirense, ao diminuir no placar.  Mas Wallyson estava mesmo impossível pela direita. Como um ponta, penetrou e foi derrubado na área. Na cobrança da penalidade, Roger acertou o ângulo esquerdo para fazer o quarto. Ainda sobrava tempo para mais. Gilberto deixou o seu com belo chute de perna direita. Thiago Ribeiro penetrou com velocidade e fez o sexto, para fechar a conta na Arena do Jacaré.

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO 6x1 DEPORTES TOLIMA (COL)

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 16 de março de 2011 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (Fifa-EQU)
Assistentes: Juan Cedeño e Marco Muzo, ambos do Equador
Público: 8.198 pagantes
Renda:
R$187.880,00
Cartões amarelos: Noguera, Bolivar, Hurtado e Marrugo (TOL), Wellington Paulista (CRU)

Cartão vermelho: Julian Hurtado (TOL)

Gols:
Cruzeiro: Montillo, aos 3 minutos do primeiro tempo; Wallyson 31 minutos do primeiro tempo; Roger aos 16 e aos 26 minutos do segundo tempo; Gilberto aos 43 minutos do segundo tempo; Thiago Ribeiro aos 47 minutos do segundo tempo
Tolima: Marrugo, aos 23 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Pablo, Gil, Victorino e Diego Renan (Gilberto); Marquinhos Paraná, Henrique, Roger e Montillo (Leandro Guerreiro); Wallyson e Wellington Paulista (Thiago Ribeiro)
Técnico: Cuca

TOLIMA: Anthony Silva; Gerardo Vallejo, Wilmer Diaz, Julián Hurtado e Félix Noguera (Hamilton Acuña); Cristian Marrugo, Diego Chara, Gustavo Bolívar e Elkin Murillo; Rafael Castillo (Danny Santoya) e Wilder Medina (Wilmer Parra)
Técnico: Hernán Torres

Leia tudo sobre: CruzeiroCopa Libertadores 2011Tolima

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG