Tamanho do texto

Brasileiro vem negociando renovação de seu contrato com clube catalão, mas interesse do Manchester City pode tirá-lo do Camp Nou

Envolvido em negociações para renovar seu contrato com o Barcelona, o lateral-direito Daniel Alves está sendo procurado pelo Manchester City. De acordo com holandês Johan Cruyff, ídolo e ex-presidente de honra do time catalão, se a proposta do clube inglês for verdadeira, não faz sentido a diretoria se esforçar para manter o jogador.

De acordo com o jornal Mundo Deportivo , Daniel Alves recebeu uma oferta de oito milhões de euros (R$ 18 milhões) por ano do City, bem superior à de seis milhões (R$ 13 milhões) que o Barcelona propôs pela renovação. Além disso, os ingleses pagariam 25,8 milhões de euros (R$ 58,5 milhões) pela transferência, 10 milhões de euros (R$ 22,6 milhões) a menos do que os catalães gastaram para tirá-lo do Sevilla.

"O Barcelona é um time sensacional, com Daniel Alves ou sem ele. Melhor mantê-lo no grupo? Claro. É certa a oferta que dizem ter o Manchester City? Se sim, nem tente segurá-lo. E nada de esperar que termine seu contrato (no meio do ano que vem) e saia de graça. Ninguém questiona sua qualidade, mas dois milhões de euros brutos a mais por temporada que a melhor oferta do Barça? Poucas negociações podem ser mais claras", escreveu em sua coluna no jornal El Periódico . "Quando vem um clube como o City e rompe suas barreiras salariais não há disputa possível. Ele não é vilão por ter a oferta que tem, como tampouco o clube por não chegar ao que oferecem".

Segundo Cruyff, o clube ofereceu a Daniel Alves um salário de terceiro nível, ao lado de jogadores como o capitão Carles Puyol, o zagueiro Gerard Pique, o goleiro Victor Valdés e, em breve, o volante Sergio Busquets. Em um segundo nível estão Xavi, Iniesta e David Villa. O maior salário, naturalmente, é do argentino Lionel Messi.

"O clube o vê no nível três. Quer o dois? Está em seu direito, mas sinto que deseja porque outro oferece essa quantidade e não pelo seu papel no time", cutucou o holandês.